“NO TERCEIRO DIA, UMA LUZ VINDA DOS CONFINS DO UNIVERSO, COMO UM METEORO, VAI DIRETO ATÉ O SEPULCRO, QUANDO UM ESTRONDO SACODE A TERRA, AFASTANDO A ENORME PEDRA QUE O SELAVA, E OS GUARDAS ROMANOS FICAM ATORDOADOS. A LUZ ENTÃO ENTRA NO CORPO INERTE DE JESUS, QUE EM SEGUIDA LEVANTA, TRANSPASSANDO OS PANOS DA MORTALHA COM SEU CORPO IMATERIAL FULGURANTE. RESSUSCITANDO DOS MORTOS COM UMA MATÉRIA INCORPÓREA DE INTENSA LUZ, CONHECIDA APENAS POR DEUS, DE UMA BELEZA INDESCRITÍVEL.”

sábado, 30 de abril de 2016

COMO SERÁ O PARAÍSO TERRESTRE (do Livro da Verdade)


A única Água necessária para a sobrevivência dos filhos de Deus virá da Árvore da Vida

Sexta-Feira, 10 de Maio de 2013

Minha querida e amada filha, bem-aventurados são aqueles que respondem à Verdadeira Palavra de Deus, pois serão os primeiros a levantar-se e a entrar no Meu Novo Reino. Aqueles que não receberam a Minha Santa Palavra, incluindo aqueles países onde Eu Sou condenado, são as primeiras almas que Eu pretendo alcançar.
Não por culpa própria, eles foram criados desde o nascimento para negarem a Deus, o Mestre e Criador de tudo o que existe. Eu esforçar-me-ei por os converter através desta Missão e prometo, uma vez que lhes seja mostrada a Verdade, durante O Aviso, que eles serão rapidamente atraídos para a Minha Misericórdia.
Eu nunca abandonarei aqueles que foram enganados, por meio de falsas doutrinas, pois eles são indefesos e estão necessitados do Meu Amor e Misericórdia. O Meu desejo é que os Meus seguidores se preparem agora para subir a escada, uma subida longa e difícil, rumo à perfeição espiritual.
Aqueles de vós que fostes abençoados com o Dom do discernimento pela Minha Voz, contida no Livro da Verdade, tendes um dever para Comigo. Isto é o que vós deveis fazer. Usai o Dom que Eu vos dei, para vos preparardes para a perfeição espiritual, que é exigida de vós, agora que Eu edificarei o Meu Exército Remanescente na Terra.
A vossa responsabilidade é ajudar aqueles que são muito fracos, muito orgulhosos e demasiado teimosos para aceitar a Minha Mão de Misericórdia. Será através de vós que Eu serei capaz de conceder a todas as almas, incluindo aquelas que não são dignas da Minha Misericórdia, a salvação necessária para viverem para sempre na Minha Glória.
Ó quão maravilhoso é este Meu Novo Reino Glorioso. Se o pudesses ver, nenhum de vós proferiria jamais uma palavra contra Mim. Esta será a vossa nova casa, o lugar onde vós e as vossas famílias irão desfrutar o êxtase eterno, paz, amor e alegria, unindo-se com tudo o que é Criado pelo Meu Pai para a vossa felicidade. Pensai nisso como uma nova morada, similar à forma como a Terra foi criada, só que neste Novo Céu e Nova Terra não haverá mar.
A única Água necessária para a sobrevivência dos filhos de Deus virá da Árvore da Vida, na qual toda a vida será sustentada. Cada necessidade será atendida e o amor abundará, para que nenhum descontentamento de qualquer tipo exista.
Riso, amor, alegria, cor e coisas requintadas, que nenhum homem jamais viu durante o seu tempo na Terra, serão em abundância. Felicidade para além da vossa compreensão na Terra, será uma Dádiva para cada um de vós, a quem for dada a chave para o Meu Reino. A vossa vida em frente é adornada com grandes Dádivas e vós permanecereis em constante estado de paz com amor por Mim.
Eu Reinarei em união com todos os filhos de Deus e nenhum de vós quererá mais nada, tão grande é o Meu Amor. Esta é a única vida por que vós devereis esforçar, pois nenhuma outra vida existirá após o Grande Dia, quando Eu vier para vós.
O vosso Jesus.

 O Livro da Verdade – Maria Divina Misericórdia

O LIVRO DA VERDADE foi avisado na Bíblia (Apocalipse 5, 1-9 e 10, e Daniel 10, 21).

O LIVRO DA VERDADE é a continuação da Bíblia. Fonte: www.elgranavisomensajes.com

sexta-feira, 29 de abril de 2016

EU LHES DOU UM NOVO MANDAMENTO:


AMAI UNS AOS OUTROS, ASSIM COMO EU VOS AMEI
Mas, quanto maior for o milagre, maior é a glória que ao autor dele vem. E é o próprio Deus quem diz: “Aí está. Este meu querido quis ter isto, e ele o teve, e Eu lho concedi, porque ele tem uma grande graça diante dos meus olhos." E no caso presente Ele diz: “Recebe uma graça sem limites, pois é sem limites o milagre por Ele operado. Igual à glória, que se reverte sobre o autor do milagre da parte de Deus, é a glória que desse autor reverte sobre o Pai. Porque toda glória sobrenatural, sendo vinda de Deus, volta para sua nascente. E a glória de Deus, ainda que já seja infinita, sempre aumenta e brilha pela glória dos seus santos. Por isso, Eu digo: como foi glorificado o Filho do homem, assim Deus foi glorificado pelo Filho do homem. Eu glorifiquei a Deus em Mim mesmo. E, por sua vez, Deus glorificará o seu Filho nele. E daqui a pouco o glorificará.
Alegra-te, Tu que estás de volta para a tua Sede, é Essência espiritual da segunda Pessoa! Ó carne que tornas a subir, depois de tanto tempo na lama. E não é somente o Paraíso de Adão, mas o excelso Paraíso do Pai, que vai ser-te dado como morada. Porque, se foi dito que, pelo assombro de uma obra de Deus, dada pela boca de um homem, o sol parou, que é que haverá entre os astros, quando virem o prodígio da Carne do Homem, subindo para ir sentar-se à direita do Pai, em sua perfeição de uma matéria glorificada?
Meus filhinhos, ainda por um pouco de tempo Eu estou convosco. E vós depois ficareis Me procurando, como os órfãos que procuram seu pai que morreu. E chorando, andareis falando dele, e batereis em vão no mudo sepulcro, e depois batereis nas portas azuis do Céus, com vossa alma prostrada numa suplicante busca de amor e dizendo: “Onde está o nosso Jesus? Nós o queremos. Sem Ele não há mais luz no mundo, nem alegria, nem amor. ou no-lo entregais, ou, então deixai-nos entrar. Nós queremos estar onde Ele está.” Mas vos não podeis, por enquanto, ir aonde Eu vou. Eu já o disse também aos judeus: “Depois me procurareis, mas aonde Eu vou, vós não podeis ir! "E o digo a vós também.
Pensai na Mãe... Nem Ela poderá ir aonde Eu vou. E, no entanto, Eu deixei o Pai, para vir a Ela e fazer-me Jesus em seu seio sem mancha. E assim da Inviolada é que Eu vim, no êxtase luminoso do meu Natal e do seu amor, que se transformou em leite, foi que Eu me nutri. Eu fui feito de pureza e de amor, porque Maria me nutriu com sua virgindade fecundada pelo Amor perfeito, que vive no Céu. Por Ela é que Eu cresci, custando-lhe fadigas e lágrimas... Contudo, eu exijo dela um heroísmo tal, como nunca houve quem exercesse, e em comparação com o qual, o de Judite, e o de Jael são heroísmos de umas pobres mulheres, que são contrastantes à sua rival. E, não obstante isso, Eu a deixo, e vou para o lugar aonde Ela só irá daqui a muito tempo. Não há de ser para Ela a ordem que agora Eu vos dou: “Santificai-vos ano por ano, mês por mês, hora por hora, para poderdes vir a mim, quando chegar a vossa hora.” Nela está toda graça e santidade. É a criatura que tudo teve e que tudo deu. Nada lhe é necessário acrescentar, nem tirar. Ela é o Santíssimo testemunho do que Deus pode fazer.
Mas para ficar certo de que em vós haja capacidade de poderdes chegar até mim e de vos esquecerdes da dor pelo luto, pela vossa separação do vosso Jesus, Eu vos dou um mandamento novo. E é que vos ameis uns aos outros. Assim como Eu vos amei, igualmente amai-vos um ao outro. Por aí é que se conhecerá se sois meus discípulos. Quando um pai tem muitos filhos, por onde é que se conhece quais são eles? Não é somente pelo aspecto físico, pois há homens que são em tudo parecidos com algum outro homem, com o qual eles não têm nenhum relacionamento pelo sangue, nem de nação, mas é mais pelo amor de todos à família, ao pai deles e entre si. E, mesmo que o pai morra, a boa família não se desune, porque seu sangue é o mesmo, é sempre aquele recebido da semente do pai e forma uniões que nem a morte desfaz porque mais forte que a morte é o amor. Assim também, se vós me amardes depois que Eu vos tiver deixado, todos reconhecerão que vos sois meus filhos e que por isso sois meus discípulos e irmãos entre vós e que tivestes um só pai.”

(O Evangelho como me foi Revelado – Maria Valtorta)

quinta-feira, 28 de abril de 2016

A FAMÍLIA PERFEITAMENTE FELIZ


QUEM TEM FAMÍLIA É PLENAMENTE FELIZ

Um homem e uma mulher só se realizam plenamente constituindo uma família. Somente uma união que produz frutos, ou seja, os filhos, pode atingir a plenitude da realização do instinto animal que compreende: o desejo carnal, procriação e perpetuação da espécie;  e do espiritual que compreende: o desejo de voltar ao Criador. Nada mais é preciso. Qualquer coisa que se acrescente nesta união será supérfluo. Nem mesmo a riqueza e o poder acrescido nesta união poderá aumentar a realização que já é plena por si só. A verdadeira felicidade se encontra neste pequeno organismo chamado família, porque um pai e uma mãe é como uma semente que sente a necessidade de se reproduzir, demonstrando amor próprio, respeitando o principio básico de todo ser vivo.  Isto dá uma sensação de paz e amor ao próximo, o simples desejo de se reproduzir.
É muito triste ver hoje em dia a maioria dos jovens preferindo ficar solteiros, e se declarando até “felizes” vivendo assim. A vida sozinho sem que seja dedicada a Deus, é um acovardamento assumido de forma inconseqüente, sem a devida reflexão a respeito. Só é perdoável aquele solteiro que procurou, mas que não encontrou um bem querer, um alguém para completar a sua vida. Que não é solteiro porque quer.
O lado animal do homem sempre o leva a pensar em se acasalar, para satisfazer seu apetite sexual, presente em sua animalidade. Porém o lado espiritual só será feliz quando estiver unida a sua alma com outra, porque elas vem de uma única fonte, de um único gerador. A alma é uma ínfima parte desta fonte, que se desprende por um excesso de amor dando o início à mais uma vida.
E quando colocada no homem fica enclausurada, esperando ser amada e unida novamente a esta fonte geradora: Deus. Portanto esta partícula de amor chamada alma que existe em cada um de nós, somente se satisfaz plenamente, volta a brilhar intensamente, quando retorna para perto de outras almas.
Por conseguinte, a união de um homem com uma mulher só pode significar: união com Deus. É por isso que se diz quando casamos diante de Deus, que estaremos unindo os espíritos, e estes espíritos só podem ser plenamente felizes ficando eternamente juntos, porque eternamente eles estavam quando se desprenderam do Criador, que depois foram colocados em cada Templo humano na terra. Sendo pois uma questão de querer ser o que sempre foram: eternamente ligadas.
A família é o menor organismo da terra, mas que unida as outras famílias se transformam no maior organismo da terra. E é isto, esta união de almas que Deus quer. Bastando que o Templo da Alma não a rebaixe demais com acúmulos de pecados não confessados, para atingir depois o desejo inicial que é estar com Deus na eternidade, unidas para sempre como sempre estiveram.

Antonio C.C.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

MARIA MADALENA



A DEVOÇÃO DE MARIA MADALENA


Na casa de Lázaro, Marta se irrita com sua irmã Maria Madalena pela falta de ajuda nas coisas da casa, e Jesus a repreende dizendo:

“Ela não está ociosa, Marta. Não se trata de ócio, mas de amor. O ócio era antes. E tu tanto que choraste por causa daquele ócio infame. O teu choro deu ainda mais asas ao meu andar para salvá-la para Mim e entregá-la ao teu honesto afeto. Quererias impedi-la de amar ao seu Salvador? Preferirias que ela estivesse longe daqui para não trabalhar, mas ficando também longe de Mim?
Marta, Marta!
Deverei Eu então dizer que esta aqui (e Jesus lhe põe a mão sobre a cabeça), que veio de tão longe, te superou no amor? Deixa-a em paz. Ela esteve tão doente! Agora é uma convalescente que está ficando curada, bebendo as bebidas que a reconstituem. Ela tem sido tão atormentada... Agora, tendo saído do incubo, está olhando ao redor de si e descobre que está nova, descobre um mundo novo. Deixa que ela o faça com segurança. Com este seu mundo “novo”, ela deve esquecer-se do passado e conquistar para si o que é eterno... Isso não será conquistado apenas com o trabalho mas também com a adoração. Terá recompensa quem tiver dado um pão ao apóstolo e ao profeta. Mas dupla recompensa terá quem se tiver esquecido até de alimentar-se para me amar, porque maior do que a carne terá sido o espírito, o qual terá tido vozes mais fortes até do que as que são lícitas entre as necessidades humanas. Tu te preocupas com muitas coisas, Marta. E esta aqui se preocupa só com uma, mas é a que basta para o seu espírito e sobretudo para o seu e teu Senhor. Deixa que caiam as coisas inúteis. Imita a tua irmã. Maria escolheu a melhor parte, a que nunca lhe vai ser tirada. Quando todas as virtudes tiverem sido superadas, porque não serão mais necessárias aos cidadãos do Reino, a única que ficará será a Caridade.
Está continuará sempre. Como a única, Soberana. Ela, Maria, escolheu esta e esta ela tomou como seu escudo e bordão. Com esta, como sobre as asas de um anjo, ela irá para o meu Céu.”


(de Jesus à Valtorta, Vol. 6, pg. 129) 

domingo, 24 de abril de 2016

AI DE VÓS Ó FARISEUS!

                                                       Escribas e fariseus da época de Jesus

 AI DE VÓS ESCRIBAS E FARISEUS



Ai de vós, ó fariseus, que pagais os dízimos da hortelã e da arruda, da mostarda e do cominho, do funcho e de todas as outras hortaliças, mas vos descuidais da justiça e do amor a Deus. Pagar os dízimos é um dever, e se cumpre. Mas há outros deveres, e que também são cumpridos. Ai de quem observa as coisas exteriores, e se descuida de observar as interiores, baseados sobre o amor a Deus e ao próximo.
Ai de vós, ó fariseus, que amais os primeiros lugares nas sinagogas e nas reuniões, e gostais de ser reverenciados nas praças, mas não pensais em fazer os obras que vos dêem um lugar no Céu, e mereçam para vós a reverência dos anjos. Vós sois parecidos a uns escondidos, que ficam sem serem observados por quem passa por perto deles e não sente arrepios, mas que arrepios sentiria, se pudesse ver o que é que está fechado dentro deles. Deus porém, vê todas as coisas até as mais ocultas, e não se engana ao julgar-vos.”
Jesus é interrompido por um doutor da Lei, que se levanta, e põe-se de pé para contradizê-lo. “Mestre, falando assim nos ofendes, logo a nós, e isso não te convém, porque nós devemos te julgar.”
“Não. Não vós. Vós não podeis julgar-me, vós é que sereis os julgados e não juízes, e quem vos julga é Deus. Vós podeis falar, emitir sons por meio de vossos lábios. Mas nem mesmo a voz mais poderosa é capaz de chegar aos Céus, nem percorre toda a terra. Num pequeno espaço de tempo, volta o silêncio... E, depois de pouco tempo, vem o esquecimento. Mas o julgamento de Deus é uma voz que permanece, e não está sujeita a esquecimentos. Séculos e séculos já se passaram, desde quando Deus julgou a Lúcifer, e julgou a Adão. Mas a voz daquele juízo não emudeceu. E as conseqüências daquele juiz ainda existem. E, se aos homens, por meio do Sacrifício perfeito, o juízo sobre o ato de Adão continua sendo o que é, e é chamado “Culpa de origem”, assim o será sempre. Os homens serão redimidos, lavados por uma purificação superior a qualquer outra, mas nascerão com aquele sinal, porque Deus decretou que aquele sinal deva estar em todos os nascidos de mulher, menos para aqueles que, não por obra de homem, mas pelo Espírito Santo, foi feito e para a Preservada e o Pré-santificado, virgens para sempre. A Primeira, para poder ser a Mãe de Deus, e o segundo para poder vir à frente do Inocente, nascendo já limpo, pela fruição antecipada dos méritos infinitos do Salvador Redentor.
E Eu vos digo que Deus vos julga... E vos julga, dizendo:
“Ai de vós, doutores da Lei, porque sobrecarregais o povo com pesos insuportáveis, transformando em castigo o paterno Decálogo, pelo Altíssimo dado ao seu povo.” Ele com amor e por amor o havia dado para que o homem fosse ajudado por um justo guia, o homem, esse eterno imprudente, e ignorante menino. E vós, em vez das amorosas andadeiras com que Deus havia ajudado as suas criaturas, a fim de que pudessem andar para a frente, pelo seu caminho, e apertá-las sobre seu coração, substituístes as andadeiras por montanhas de pedras agudas, pesadas, atormentadoras, com um labirinto de prescrições, um íncubo de escrúpulos, pelo qual o homem fica esmagado, extraviado, e para, e fica com medo de Deus, como de um inimigo. Vós criais obstáculos para a ida dos corações a Deus. Vós separais o Pai dos filhos. Vós negais, com as vossas imposições, esta doce, bendita, verdadeira Paternidade. Vós, porém, os pesos que dais aos outros não quereis, nem com um dedo, tocar neles. Vós vos julgais justificados, só por haver-lhes dado aqueles pesos. 
Mas, ó estultos, não sabeis que sereis julgados por aquilo que houverdes julgado ser necessário para a salvação? Não sabeis que Deus vos dirá: “Vós dizeis que era sagrada e justa a vossa palavra. Pois bem. Eu também a julgo assim. E, visto que a impusestes a todos, e pelo modo como foi acolhida e praticada é que tendes julgado os irmãos, eis que Eu vos julgo pela vossa palavra. E, pois que não fizestes o que dissestes a eles que fizessem, sede condenados!”
Ai de vós que ergueis sepulcros para os profetas, que os vossos pais mataram. E, por que não? Achais que com isso diminuireis a gravidade da culpa de vossos pais? E que a anulareis aos olhos dos pósteros? Não, pelo contrário. Vós dais testemunhos desses atos dos vossos pais. Não somente isso. Mas os aprovais, e estais prontos para imitá-los, erguendo depois um sepulcro em honra do profeta perseguido, para poderdes dizer: “Nós lhe prestamos honras”. Hipócritas! É por isso que a sabedoria de Deus disse: “Eu lhes mandarei profetas e apóstolos. E deles eles matarão alguns, perseguirão a outros, para que se possa exigir desta geração o sangue de todos os profetas, que foi derramado desde a criação do mundo até hoje, desde o sangue de Abel até o sangue de Zacarias, que foi morto entre o altar e o Santuário.”
Sim. Em verdade, em verdade, Eu vos digo que de todo esse sangue de santos será pedida conta a esta geração, que não sabe distinguir onde é que está Deus e persegue o justo, e o mata, porque o justo é a prova viva da injustiça deles.
Ai de vós, doutores da Lei, que usurpais a chave da ciência, e fechais o templo para não entrardes nele, a fim de por ela serdes julgados, e não permitistes que os outros lá entrassem. Porque vós sabeis que, se o povo fosse doutrinado pela verdadeira Ciência, isto é, pela Sabedoria santa, poderia julgar-vos. Por isso vós preferis que ele fique ignorante, para que não vos julgue. E vós me odiais, porque Eu sou a palavra da Sabedoria, e gostaríeis de ver-me fechado, antes do tempo, em um cárcere, em um sepulcro, para que Eu não falasse mais.
Mas Eu falarei, enquanto ao Pai agradar que Eu fale. E depois falarão as minhas obras, mais ainda do que as minhas palavras. E falarão os meus merecimentos, mais ainda do que as minhas obras, e o mundo será instruído, e ficarão sabendo, e vos julgará, o primeiro juízo é sobre vós. Depois virá o segundo, o juízo singular, na morte de cada um de vós. E finalmente o último, o Universal. E vos lembrareis deste dia, e destes dias, e vós sozinhos, conhecereis o Deus terrível, que vos tereis esforçado para apresentar como uma visão de íncubo, diante do espírito dos simples, enquanto vós, no interior do vosso sepulcro, tiverdes zombado dele e do primeiro e principal mandamento: O Amor, até o último dado no Sinai, pois não tivestes respeito a ele, e desobedecestes.
Inutilmente, ó Elquias, é que não tenhas figurações em tua casa. Inutilmente, ó vós todos, que não tenhais objetos esculpidos em vossas casas. No interior de vossos corações é que tendes o ídolo, muitos ídolos. Um deles é que vós creiais uns deuses, os das vossas concupiscências.
Vinde, vós.
Vamos embora.”


(de Jesus à Valtorta, Vol 6, pgs.363 a 367)

sábado, 23 de abril de 2016

O ENVIADO DE SATANÁS


                  O ENVIADO DE SATANÁS ESTÁ SENTADO NA CADEIRA DE PEDRO


Ele foi enviado para desmantelar a Minha Igreja e despedaçá-la em pequenos pedaços

Sexta-Feira, 8 de Março de 2013, 14:05 h.

Minha querida e amada filha, Satanás está em raiva contra a Minha Igreja na Terra e a sua infestação continua a espalhar-se dentro das suas paredes. O ardiloso impostor, que tem retido as asas em baixo, com paciência, declarará em breve o seu reinado sobre os Meus pobres servos sagrados inocentes.
A dor que ele irá infligir é para Mim muito difícil de suportar e, porém, o seu reinado culminará na purificação final do mal no âmago da Minha Igreja. Ele manipulou cuidadosamente a sua posição e rapidamente será visto o seu comportamento pomposo no meio da sua corte esplendorosa.
O seu orgulho, arrogância e auto-obsessão serão, no início, cuidadosamente escondidos do mundo. No mundo exterior, será ouvido um suspiro de alívio quando o repique das trombetas anunciar o seu período como chefe da Minha Igreja.
O Meu Corpo é a Minha Igreja, mas não será a Mim, Jesus Cristo, que ele empenhará a sua lealdade, porque ele não possui qualquer amor por Mim. A sua lealdade é para com a besta, e como ele escarnecerá e zombará dos Meus servos sagrados que o apóiem.
Ele, que se atreve a sentar-se no Meu Templo, e que foi enviado pelo maligno, não pode falar a verdade, pois ele não vem de Mim.
Ele foi enviado para desmantelar a Minha Igreja e despedaçá-la em pequenos pedaços, antes que ele seja cuspido para fora de sua vil boca.
O Meu Corpo é a Minha Igreja. A Minha Igreja ainda está viva, mas apenas aqueles que falam a Verdade e aderem à Santa Palavra de Deus podem fazer parte da Minha Igreja na Terra.
Agora, que o insulto final é manifestado contra Mim, Jesus Cristo, através da Cadeira de Pedro, vós entendereis finalmente a Verdade.  
O Livro da Verdade, predito por Daniel para o final dos tempos, não será assumido facilmente pelos membros da Minha Igreja, porque o seu conteúdo irá fazer adoecer os Meus amados servos sagrados quando eles perceberem que Eu falei a Verdade.
O falso profeta - aquele que se apresenta como líder da Minha Igreja - está pronto para usar as vestes que não foram feitas para ele.
Ele profanará a Minha Santa Eucaristia e dividirá a Minha Igreja ao meio e, de novo, ao meio. Ele fará esforços para demitir os fiéis seguidores do Meu amado Santo Vigário, o Papa Bento XVI, nomeado por Mim.
Ele isolará todos os que são leais aos Meus Ensinamentos e atirá-los-á aos lobos. As suas ações não se tornarão visíveis imediatamente, mas em breve os sinais serão vistos, quando ele estabelecer a procura do apoio dos líderes mundiais influentes e dos que estão em altos cargos.
Quando a abominação se enraizar, as mudanças serão súbitas. Os anúncios sobre a criação de uma Igreja Católica, unida em ligação com todas as crenças e a outras religiões, acontecerá, depois, com brevidade.
Ele liderará uma nova religião mundial e reinará sobre as religiões pagãs. Ele abraçará o ateísmo, evitando estigmatizá-lo, o que ele dirá estar associado à prossecução dos chamados direitos humanos. Todos os pecados, aos Olhos de Deus, serão considerados aceitáveis por esta igreja nova e inclusiva. Qualquer um que se atreva a desafiá-lo será procurado e punido. Aqueles sacerdotes, bispos e cardeais que se lhe oponham serão excomungados e despojados dos seus títulos.
Outros serão intimidados e perseguidos, com muitos padres a terem que se esconder. Os Meus pobres servos sagrados que reconhecem hoje a Minha Voz, por favor, escutai-Me quando Eu vier até vós para vos trazer conforto. Eu nunca vos pediria para rejeitardes a Minha Igreja na Terra porque fui Eu, o vosso amado Salvador, que a criou. Eu ofereci o Meu Corpo como Sacrifício Vivo para vos salvar. Foi-vos dada a responsabilidade de testemunhar em Meu Nome, a fim de salvar as almas daqueles que vós instruís e guiais. Tudo o que vós tendes a fazer é confiar em Mim e continuar a servir-Me.
O que vós não deveis fazer é aceitar qualquer doutrina que vos seja apresentada e que, sabereis de imediato, não esteja de acordo com os Meus Ensinamentos. Vós deveis fazer o que os vossos corações vos ditarem, mas notai isto. Este período causar-vos-á tão profunda dor e brutal sofrimento, que experimentareis quando virdes como a Minha Igreja será profanada, que vos fará chorar.
Mas vós deveis reconhecer as mentiras que vos estão a ser apresentadas por aquilo que são - uma afronta à Minha morte na Cruz. Esta destruição pode resultar no colapso da estrutura da Minha Igreja.
Mudanças e adaptações de edifícios, juntamente com o novo templo criado para a igreja mundial, que será criado e localizado em Roma.
Estai certos de que, assim como o Meu templo é profanado, Eu, Jesus Cristo, o Salvador de toda a humanidade, serei descartado e atirado para a valeta.
O vosso Jesus.

O Livro da Verdade – Maria Divina Misericórdia

O LIVRO DA VERDADE foi avisado na Bíblia (Apocalipse 5, 1-9 e 10, e Daniel 10, 21).

O LIVRO DA VERDADE é a continuação da Bíblia. Fonte: www.elgranavisomensajes.com

QUEM É O FALSO PROFETA

               Não há mais dúvidas, este homem é de fato o Falso Profeta descrito no Apocalipse


A IDENTIFICAÇÃO DE QUEM É O FALSO PROFETA

Irmãos em Cristo, que acompanham as publicações deste blog. Como é já de conhecimento de todos, estamos neste momento de nossas vidas enfrentando a Grande Tribulação descrita pelos Profetas, referente ao Final dos Tempos.
Todos nós seremos protagonistas do Final dos Tempos, e isto deve deixar-nos felizes, e certos de que tudo se confirmará exatamente como está escrito no Livro dos livros, no Livro da nossa história: a Bíblia.
Será o desfecho do final do segundo advento da história humana terrestre, o fim das tentações de Satanás e a renovação da Terra unida com o Paraíso.
Inúmeros Profetas já nos avisaram que foi a seita satânica da Maçonaria que fez surgir a Besta que subiu da terra, o Falso Profeta, o qual Jesus Cristo disse que é o Papa Francisco. A revelação de que é este Papa a abominação, foi dada pela Profeta Maria Divina Misericórdia; antes dela existiram outros Profetas que nos alertaram sobre a vinda deste demônio, mas não o identificavam.
Porém, devido as inúmeras pesquisas feitas a respeito dos Profetas dos últimos Tempos, pelo que eu pude perceber, já existia a compreensão de várias pessoas -- devem ser pessoas iluminadas pelo Espírito Santo --, de que era de fato o Papa Francisco. Vários anos atrás, estas pessoas já anunciavam que o Papa Bento XVI seria o último Papa legítimo de Deus, e indicando que o próximo seria a Besta Apocalíptica.
Chegamos a um ponto que, duvidar destes Profetas é a mesma coisa que duvidar de Deus, das revelações do Céu passadas à humanidade. Mas agora já temos a certeza, e não sou eu, ou os Profetas como pessoa comum que está afirmando que Bergoglio é o Falso Profeta, e sim o nosso próprio Deus.
Se raciocinarmos a respeito, mesmo que não tivéssemos as revelações do Céu, seria possível perceber -- devido as mudanças que se seguirão na Igreja de Cristo --, que alguma coisa estranha estaria ocorrendo, mesmo para um descrente.
Pensemos.
Acham possível um homem comum chegar ao posto de Pontífice da maior religião da terra sem tremer, sem se emocionar, sem ficar preocupado com a responsabilidade que requer tal cargo? É difícil de acreditar que alguém pudesse usar um cargo tão importante para impor uma mudança, seja ela qual for.
É preciso mais do que coragem para mudar, alterar os preceitos desta Igreja que se consolidaram por mais de dois mil anos. O que eu estou querendo dizer, é que somente uma pessoa dominada completamente por um demônio poderia ter tal coragem. Pergunte a você mesmo. Você teria esta coragem?
Sei que as mudanças serão sutis em alguns pontos, mas para quem conhece a Doutrina da Igreja, será mais fácil de perceber. Como disse Jesus em uma de suas revelações, logo, todos, sendo crentes ou não saberão que a Igreja de Cristo mudou radicalmente, se adaptando as leis humanas.
Não sigam esta nova religião, permaneçam na Igreja até o ponto da mudança na Eucaristia, que não será mais considerada um Sacrifício e sim uma simples refeição, deste momento em diante deixará de ser a Igreja de Cristo.
Sou Católico Apostólico Romano, e assim vou proceder. Vou continuar freqüentando os missais até perceber que não é mais possível, e permanecer fiel as leis de Deus. Deus estará não mais nas Igrejas, mas no coração de todos aqueles que nele crêem. Não estaremos sozinhos, porque as orações de todos os remanescentes estarão unidas compreendendo uma só fé, que brilhará até a vinda triunfal de Nosso Senhor Jesus Cristo.
A intensificação das publicações do meu blog identificando o Falso Profeta continuará até eu não poder mais fazê-lo. Tenho plena consciência de que estou divulgando a verdade. Cumpro com minha obrigação de ser conhecedor da verdade transmitindo para quem quiser ouvir.
A paz de Jesus.


Antonio C.C.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

A ABOMINAÇÃO ESTÁ NA MINHA IGREJA


              A falsa humildade usada para enganar os cristãos


A ABOMINAÇÃO ESTÁ NA MINHA IGREJA


Na Quinta-Feira Santa, 28 de março de 2013, o Papa Francisco celebrou Missa em uma prisão de jovens em Roma. Lá, ele lavou e beijou os pés de alguns prisioneiros: alguns ateus e mulheres muçulmanas, e ele deu-lhes a Santa Comunhão!
Profecia confirmada do Livro da Verdade, porque para receber a Comunhão o fiel tem de estar sem pecado, mostrando que ele não respeita os Santos Sacramentos da Igreja Católica. Cometeu portanto pecado gravíssimo, induzindo outros a fazerem a mesma coisa, ou seja: receber a hóstia e o vinho consagrados sem a confissão dos pecados.
A falsa humildade no ato de lavar os pés, foi usada de fachada para encobrir o gesto perverso de dar depois desta “humildade”, a Santa Eucaristia para pecadores, acrescentando com isso mais um pecado para cada um deles: o de receber o Corpo de Cristo estando em pecado.
E nós já sabemos que ele já fez a mesma coisa em 2014, 2015 e 2016, sempre utilizando várias etnias religiosas entre os escolhidos propositadamente pelo Papa Francisco, sinalizando com a ideia da união entre as religiões, e assim passando por cima da doutrina Católica.
Para confirmar esta maliciosa tentativa de unir as religiões, temos a divulgação deste decreto:

“A congregação para o culto Divino da Disciplina dos Sacramentos publicou o decreto que comunicou a mudança decidida pelo Papa, que altera a prática estabelecida em 1.955, sobre a reforma da Semana Santa.
O Missal Romano passa a deixar de fazer referência aos “homens escolhidos” passando a falar nos “escolhidos entre o povo de Deus”, por forma, a que os responsáveis pelas comunidades Católicas “possam escolher um grupo de fiéis que represente a variedade e a unicidade de cada porção do povo de Deus”.

Não é preciso ser um teólogo para perceber que quando ele fala de “homens escolhidos”, está se referindo aos Católicos que se confessam, e que por isso são os que podem participar da Comunhão. Os “escolhidos entre o povo de Deus” e “fiéis que represente a variedade e a unicidade de cada porção do povo de Deus”, citado neste texto se refere as outras pessoas de outras religiões, dando a eles também o direito de participar da Comunhão mesmo mantendo seus credos, ou seja em pecado.
Esta é a lábia da Besta, sedutora, revestida de “humildade” de “compaixão”, de “amor”, mas que esconde com estas atitudes tão bondosas refletidas em nossos olhos, a real intenção que é acabar com o culto e o respeito ao Sacrifício Perpétuo, a Santa Eucaristia realizada nas Igrejas Católicas. Eis aí a abominação que deseja a desolação.
E coloco abaixo a profecia do Livro da Verdade que já nos alertava sobre este mal:


Esse gesto perverso durante a Semana Santa será visto por aqueles que mantêm os seus olhos abertos

Quinta-Feira, 14 de Março de 2013, 18:00 h.

Minha querida e amada filha, que sofrimento está a ser experimentado pelos Meus amados servos sagrados, próximos do Meu Coração, que conhecem a Verdade e que têm de testemunhar a abominação na Minha Igreja na Terra. Está para acontecer um insulto particular, que será infligido ao Meu Santo Nome, num esforço para Me profanar durante a Semana Santa.
Esse gesto perverso, durante a Semana Santa, será visto por aqueles que mantêm os seus olhos abertos, e esse será um dos sinais por que vós sabereis que o impostor, que se senta no trono da Minha Igreja na Terra, não vem de Mim.  
Meus seguidores, vós deveis saber que as profecias dadas ao mundo - aviso para o momento em que o poder dentro da Minha Igreja será detido por aqueles que são leais à besta - estão sobre vós.
O tempo é agora.
Lembrai-vos que aqueles que ostentam orgulhosamente a divisa da humildade são culpados de orgulho.
O orgulho é um pecado. Aos que dizem que a Minha Igreja deve renovar a sua imagem, que a doutrina da Minha Igreja deve ser atualizada e que dizem que, modernizando-se, ela será aceite por mais pessoas, sabei então isto. Aqueles de vós que dizem seguir os Meus Ensinamentos, mas que procuram mudar as leis para tolerar atos que são pecaminosos aos Meus Olhos, saiam da Minha Igreja, agora. Vós não sois Meus. Vós virastes-Me as costas e não sois dignos de entrar na Minha Casa.
No entanto, é isso que vai acontecer. Vós e todos aqueles que pedem as mudanças que são desejadas pelo mundo secular, ficarão satisfeitos, pois o falso profeta vai aliciar-vos a seu favor e vós aplaudireis cada momento do seu reinado de curta duração. Mas, não vou ser Eu, Jesus Cristo, a Quem vós ireis seguir. Vós estareis a seguir uma falsa doutrina, não de Deus.
Assim, muitos irão abraçar o reinado do falso profeta e afastar-Me para o lado com alegria nos seus corações. Depois, quando os erros dos seus caminhos se tornarem evidentes, os Meus pobres servos sagrados não terão para onde ir. A sua tristeza tornar-se-á medo e o seu medo transformar-se-á em desespero. Eles não saberão em quem confiar, mas eles devem entender isto.
O Meu Corpo, a Minha Igreja, pode ser flagelada e profanada, mas o Meu Espírito nunca pode ser tocado, pois Ele nunca pode morrer. Aos de vós que rejeitais agora a Minha Palavra e a Verdade, está a ser-vos dada uma Dádiva especial do Céu, Eu abençôo-vos. Eu continuarei a derramar as Minhas Graças sobre vós, até que volteis para Mim. Eu nunca desistirei até que Eu possa salvar as vossas tristes almas.
A Minha Igreja, na qual os Meus Ensinamentos e Sacramentos permanecem intactos, viverá e nunca pode morrer. Ela não precisa de tijolos e argamassa para sobreviver, por isso é que Sou Eu, Jesus Cristo, cujo Corpo é a Igreja. Vós, Meus fieis amados sacerdotes, servos e seguidores sagrados, sois parte de Mim. Vós estais unidos com o Meu Corpo para formar a Minha Igreja na Terra. Portanto, vós deveis aprender a ser fortes, corajosos e fieis à Minha Santa Palavra, não importa que argumentos vos sejam apresentados em contrário.
O tempo para o cisma ser descoberto está próximo, e, realmente, um mal-estar terrível está a ser sentido em Roma. Aquando dos confrontos do Espírito Santo com o espírito do mal, uma linha os separará pelo meio, e então os dois lados emergem.
A grande divisão descerá rapidamente. Então, muitos dos que foram enganados pelo mentiroso correrão de volta para os Meus Sagrados Braços para proteção. Eu guiar-vos-ei durante estes tempos tristes e peço a todos vós que Me entregueis as vossas lágrimas, e Eu vos confortarei em espírito.
Eu abençôo-vos.
Eu trago-vos a paz de coração.
Eu protejo-vos.

O vosso amado Jesus.


O Livro da Verdade – Maria Divina Misericórdia

O LIVRO DA VERDADE foi avisado na Bíblia (Apocalipse 5, 1-9 e 10, e Daniel 10, 21).
O LIVRO DA VERDADE é a continuação da Bíblia. Fonte: www.elgranavisomensajes.com


O IMPOSTOR


                                              Este é o impostor que está na casa de meu Pai


O Seu trono foi roubado. Ele não tem o seu poder

Quarta-feira, 13 de Março 21.20 h

Minha querida e amada filha, Eu fui condenado à morte pela segunda vez. O insulto da decisão de Roma, que vós testemunhais hoje, corta-Me em dois. Quando Eu fiquei diante dos Meus carrascos, acusado de heresia e de presunção por falar a Verdade, os Meus apóstolos correram para onde não fossem encontrados.
Aqueles que Me seguiam e aceitavam os Meus Ensinamentos, traíram-Me quando a Minha Palavra foi desafiada por aqueles que tinham autoridade. Eles começaram a perder a confiança em Mim e começaram a duvidar de Mim.
Alguns dos Meus seguidores acreditaram nos crimes de heresia de que Eu fui acusado e que eles eram justificados. Tão poderosos eram os Meus acusadores - homens em posições elevadas, vestidos de vestes exóticas e que andavam e falavam com um sentido de autoridade real - que poucos duvidaram deles.
Eu fui sondado, desafiado, escarnecido, menosprezado, ridicularizado e zombado por falar a Verdade. As pessoas cederam perante esses governantes - homens com vozes poderosas e cuja autoridade nunca foi questionada. A Minha Voz tornou-se como um sussurro no meio dos gritos de Meus acusadores. "Heresia" - gritaram.
Eles disseram que Eu falava com uma língua do mal, que Eu blasfemava contra Deus e que Eu queria destruir a Sua Igreja. E então, eles assassinaram-Me a sangue frio. Não será diferente quando Eu tentar dar a Minha Voz a conhecer, agora. Quando Eu tento alertar todos os filhos de Deus sobre os eventos de que Eu te falei, Minha filha, para o último par de anos. A Minha Palavra, será tratada com desprezo.
A Minha Palavra será questionada. Surgirão dúvidas e, mais uma vez, os Meus apóstolos vão fugir e deixar-Me aos lobos. Não vos enganeis, a Verdade foi revelada. Eu disse-vos, Meus seguidores, como sereis enganados. Isso será muito difícil para vós, porque sereis questionados por este impostor que se senta na Casa do Meu Pai.
O Meu amado Papa Bento XVI foi perseguido e fugiu, como predito.
Eu não nomeei esta pessoa que afirma vir em Meu Nome.
Ele, o Papa Bento XVI, conduzirá os Meus seguidores para a Verdade.
Eu não o abandonei e Eu segurá-lo-ei junto ao Meu Coração e dar-lhe-ei o conforto de que ele precisa neste momento terrível.
O seu trono foi roubado.
Ele não tem o seu poder.
O vosso Jesus.

O Livro da Verdade – Maria Divina Misericórdia

O LIVRO DA VERDADE foi avisado na Bíblia (Apocalipse 5, 1-9 e 10, e Daniel 10, 21).

O LIVRO DA VERDADE é a continuação da Bíblia. Fonte: www.elgranavisomensajes.com

quinta-feira, 21 de abril de 2016

A REJEIÇÃO A JESUS NAS RUAS DE JERUSALÉM


PELAS RUAS DE JERUSALÉM...

E os apóstolos que estão mais perto de Cristo, mostram um ao outro o que estão vendo, e falam bastante, fazendo seus comentários muito humanos, sobre as pessoas de quem estão falando.
Um desses comentários salgados sobre um ex-discípulo, que vai passando tranquilamente, como se não os estivesse vendo, é detido por Jesus: “A quem dizeis estas palavras”, interroga Ele.
“Aquele bobalhão lá”, diz Tiago de Zebedeu. “Ele fingiu que não nos estava vendo, e não é só ele que está fazendo assim. Mas, quando Tu o curaste quando te procurava naquele tempo ele sabia enxergar-nos. Que lhe sobrevenha uma pústula maligna!”
“Tiago! É com estes sentimentos que estás ao meu lado e que te preparas para comer o cordeiro? Na verdade, tu és mais incoerente do que ele. Ele se separou com sinceridade, quando viu que não podia fazer o que Eu mandava. Tu ficas, mas não fazes o que Eu mando. Será que não és mais pecador do que ele?”
Tiago fica vermelho, como se estivesse congestionado, e se afasta, indo para trás, muito humilhado.
“É que nos sentimos mal, ao vê-los fazerem assim”, diz João, para ajudar o irmão, que foi censurado. O nosso amor se revolta, ao vermos o desamor deles.”
“Sim. Mas, credes que estais tendo amor a eles, ao procederdes assim? Grosserias, más palavras e insultos nunca ajudaram a chegar a um ponto a que se queria fazer chegar um rival, ou alguém que pensa diferente de nós. É a doçura, a paciência, a caridade que persevera, apesar de todas as recusas, e acabam conseguindo. Eu compreendo, e me compadeço dos vossos corações, que sofrem, ao verem que Eu não sou amado. Mas Eu quereria saber-vos e ver-vos mais sobrenaturais, nos atos e nos meios, para me fazerdes amar. Vamos, Tiago vem cá. Não foi para humilhar-te que Eu falei. Compreendamo-nos, amemo-nos entre nós amigos. Já há tanta incompreensão e dor para o Filho do Homem!”
Tiago agora calmo, volta para o lado de Jesus.
Vão caminhando por algum tempo em silêncio. Depois, Tomé explode em uma vibrante exclamação: “Mas é mesmo uma vergonha!”
“O quê?”, pergunta Jesus.
“Ora a covardia de muita gente! Mestre, não estás vendo quantos estão fingindo que não te conhecem?”
“E daí? Mudar-se-á um jota do que está escrito sobre Mim, por causa do agir deles? Não. Só para eles é que se muda o que poderia estar escrito. Porque nos livros eternos podia estar escrito sobre eles: “os discípulos bons”, ao passo que é assim que se escreverá: “Aqueles que não foram bons, aqueles para os quais de nada valeu a vinda do Messias.” É uma palavra tremenda, sabeis? Pior do que aquela outra: “Adão e Eva pecaram”. Porque o pecado deles Eu posso anular, mas não poderei anular isto de renegar o Verbo Salvador... Vamos agora virar para este outro lado.


(de Jesus à Valtorta, Vol. 6, pgs. 100, 101) 

VIGIAI POVO MEU, PORQUE O DEMÔNIO ENTROU NA MINHA CASA


                                             A lábia sedutora deste homem enganará muitos.


Serão apenas os bravos e corajosos dentre vós, os que mais Me amam, que irão liderar o Meu Exército para a salvação

Quinta-Feira, 28 de Fevereiro de 2013, 23:50 h.

Minha querida e amada filha, estes dias, quase em cima de vós, trazem com eles uma terrível escuridão e desespero, dum modo que nunca foi testemunhado nas vossas vidas. Esta escuridão é do espírito, e será causada pelo vazio das almas que seguem o anticristo e o falso profeta. O sofrimento espiritual, que infligirão aos Cristãos que se recusem a escutar a heresia será difícil de suportar.
Eu digo-vos apenas isto, portanto, sabereis nos vossos corações que a dor de rejeição que sentireis ser-vos-á causada por defenderdes a Minha Sagrada Palavra, e sofrereis em Meu Nome. Vós nunca deveis questionar as enormes exigências que vos serão feitas, ou perder a confiança, pois Sou Eu, o vosso Rei, quem tem o Poder para assegurar que vós podereis suportar isso.
Nem deveis duvidar que esse Exército Remanescente, do qual agora vos tornareis parte, a fim de permanecerdes fieis a Mim, Jesus Cristo, foi predito. Não escuteis quem tente dizer-vos que não deveis acreditar nestas Minhas Santas Mensagens para o mundo, porque estais a ser enganados.
Vós deveis orar por aqueles que não têm a força ou o espírito de discernimento e que escolherão a bifurcação errada da estrada. Muitos dos que vão seguir o falso profeta tentarão arrastar-vos para o mesmo caminho. Irmão lutará contra irmão e irmã, pai contra filho, mãe contra filha - todos na sua busca de seguirem a Verdade, mas muitos não verão os erros dos ensinamentos do falso profeta e ficarão perdidos para Mim.
Serão apenas os bravos e corajosos dentre vós, os que mais que Me amam, que irão liderar o Meu Exército para a salvação. Eles trarão com eles milhares de milhões de almas, sob Minha Orientação, para a segurança.
É por isso que vós nunca deveis desistir.
O vosso Jesus.


O Livro da Verdade – Maria Divina Misericórdia

O LIVRO DA VERDADE foi avisado na Bíblia (Apocalipse 5, 1-9 e 10, e Daniel 10, 21).

O LIVRO DA VERDADE é a continuação da Bíblia. Fonte: www.elgranavisomensajes.com

obs: Quem ainda não acredita nas mensagens do Livro da Verdade, deve imediatamente pedir elucidação ao Espírito Paráclito, e ele com certeza vos iluminará. 

quarta-feira, 20 de abril de 2016

O TENTÁCULO DO DRAGÃO VERMELHO NO BRASIL

O DRAGÃO VERMELHO É A CHINA, QUE TEM VÁRIOS TENTÁCULOS NA TERRA


O TENTÁCULO DO DRAGÃO VERMELHO

O Partido dos Trabalhadores juntamente com todos os partidos políticos e instituições ligadas a ele, é um dos tentáculos do Dragão Vermelho. Usa a veste de Partido político para impor sua ideologia marxista para nos enganar, se fazendo passar por idéias democráticas.
Quis Deus até aqui, que o PT da bandeira vermelha com o símbolo da estrela do abismo começasse a cair. Também quis que o seu líder, um homem de 19 dedos fosse humilhado juntamente com sua companheira de milícia: Dilma, diante da sociedade. Os dias desta organização criminosa parece estar sendo abreviada, contida, amenizando os seus efeitos nocivos contra povo brasileiro. Os dias destes corruptores que assaltaram o país quebrando a maior empresa brasileira, a Petrobrás, e deixando o Brasil num caos econômico e político sem precedentes, será lembrado para sempre como os responsáveis pela pior recessão da história do Brasil.  
Os crimes cometidos por esta quadrilha vão além do imaginável em termos de valores roubados dos cofres públicos, a ponto de terem dinheiro suficiente para se elegerem por mais dois mandatos para Presidente, como já observou um Ministro do Superior Tribunal Federal. Por isso é necessário que as autoridades Judiciárias brasileiras façam uma busca e consigam recuperar o dinheiro ilícito roubado, destes famigerados e insaciáveis doutrinadores da bandidagem.
A mídia em geral tem criticado os votos dos Deputados durante a votação na Câmara dos Deputados, que homenagearam a família, e outros por ter agradecido a Deus, se esquecendo que o Brasil tem um povo 80% cristão. Portanto eles agradeceram aquilo que é mais sagrado ou mais relevante em seu entender. Se as famílias estão bem, todo o povo brasileiro está bem. Se agradece a Deus, está agradecendo na verdade ao passado, ao presente e ao futuro de nossas famílias. É um voto claro de querer o bem à todos. O que há de errado nestas intenções?
Outro assunto importante é o fato de que alguns políticos estão defendendo novas eleições para Presidente juntamente com o de Prefeitos e vereadores, agora em outubro. Esta proposta me parece oportunista neste momento em que se discute um impedimento já em seus momentos finais. Também por tentar passar por cima da Constituição que prevê um sucessor imediato ao impedimento do Presidente que é o vice Presidente. Também porque só restam dois anos para o fim deste mandato, portanto não posso pensar de outra forma senão no oportunismo de alguns políticos conscientes ou não deste fato. Será como jogar gasolina num fogo já aceso.
O poder é o que o Dragão busca a qualquer custo, sem se preocupar com mais nada. Um dos integrantes desta organização criminosa, cometeu o erro de dizer recentemente, que não é o povo que decide quem fica ou quem sai do poder de uma nação. Se esqueceu que na história da humanidade está cheia de exemplos em que grandes ditadores autoritários caíram justamente pela revolta nas ruas. O poder emana do povo, e se for cristão aumenta consideravelmente este poder, porque terá a seu lado todos os exércitos de anjos do Altíssimo lutando a seu favor. O invencível é Deus. Quem com Ele está, vence qualquer batalha.
O Dragão quer tirar de nós, o povo brasileiro o mérito de sua queda. Fomos nós que pressionamos os juristas a elaborarem o pedido de impeachment. Fomos nós que pressionamos o presidente da Câmara dos Deputados a colocar em pauta o impedimento. Fomos nós que pressionamos os Deputados a votarem a favor de sua saída, e mais ninguém. Fomos nós PT, não coloque a culpa em outras pessoas.
Outra influencia que agrega poder a este Dragão Vermelho é o apoio da CNBB. Ou ela se posiciona contrária ao PT ou deve perder o direito de falar em nome da Igreja Católica. Quem não defende a Doutrina da Santa Igreja não pode mais continuar usando os hábitos da mesma.
Obrigado povo brasileiro, por ter sido o propulsor direto pelo prosseguimento do processo de impeachment. Sem o apoio do povo nada teria acontecido. Alguém é capaz de acreditar que sem as manifestações das ruas este impedimento teria sucesso? É claro que não. Dizer outra coisa diferente desta é contestar fatos já consumados que dão crédito ao povo movido por Deus.


Antonio C.C.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

MENSAGEM DE JESUS DO LIVRO DA VERDADE


Eu trago a esperança. Eu trago a Misericórdia. Eu trago a salvação

Domingo, 16 de Dezembro de 2012, 11:20 h.

Minha querida e amada filha, é importante que os Meus discípulos não causem medo nos corações dos seus amigos e familiares por causa das Minhas Mensagens para ti neste tempo. Eu venho do Céu até todos vós neste tempo falar convosco para vos preparar. Eu faço isso com Amor e Alegria no Meu Coração.
Eu venho para ajudar aqueles que acreditam em Mim, de modo a que eles estejam prontos para Me aceitarem no estado de Graça necessário para reinarem Comigo no Meu Reino.
Eu venho também para pugnar por aqueles que não podem entender o significado da Criação de Deus, especialmente as almas que usam o raciocínio humano para definir tudo nas suas vidas. Eles acreditam apenas no que podem ver ou tocar.
Essas mesmas almas, aceitarão as mentiras dos que acreditam que devem respeitar as suas sociedades e nações. Como são facilmente enganados pelas mentiras do homem, e como são fracos ao rejeitarem a Verdade da sua Criação.
A Minha tarefa é ajudar-vos a todos. Não ameaçar, mas atrair-vos para junto de Mim, para que assim vós recebais conforto. O Meu Reino é a vossa casa. Vós não deveis sentir qualquer pressão para rejeitar a vossa família, para que possais unir o vosso coração ao Meu.
Em vez disso, trazei-Me a vossa família através das vossas orações. Muitos vos magoarão quando proclamardes a Verdade da Minha Palavra. Mas, está bem. Não os desafieis e não os tenteis forçar contra a sua vontade.
Eu levá-los-ei para a Minha Luz de Proteção ao recitardes a Minha Cruzada de Oração (13) para a Graça da Imunidade. Eu Estou cheio de Amor por vós. Aqueles que acreditam em Mim serão muito confortados com a Minha Segunda Vinda. As outras almas podem ser salvas pelas vossas orações. É por isso que Eu vos preparo agora.
É para salvar todos vós para que possais desfrutar dos Novos Céus e Nova Terra. Eu trago a esperança. Eu trago a Misericórdia.
Eu trago a salvação. Eu trago a conclusão do pacto final, a época final, que será o cumprimento da Vontade do Meu Pai. Nunca Me receeis, que Eu Sou a vossa família, unida pela Minha Carne e Sangue, pela Minha humanidade, assim como pela Minha Divindade. Ficai em paz, Meus queridos seguidores.
Descansai no Meu Ombro pois o Meu Amor e Misericórdia é maior do que qualquer um de vós conhece. Este é um momento de alegria e não de tristeza, pois Eu dei-vos a Dádiva da Salvação. Esta Dádiva é para vós, assim como para aqueles que estão perdidos.
É para cada um de vós.
O vosso amado Jesus.

O Livro da Verdade – Maria Divina Misericórdia

O LIVRO DA VERDADE foi avisado na Bíblia (Apocalipse 5, 1-9 e 10, e Daniel 10, 21).

O LIVRO DA VERDADE é a continuação da Bíblia. Fonte: www.elgranavisomensajes.com

sábado, 16 de abril de 2016

AS TENTAÇÕES CONTRA CRISTO


                                                   Salomé foi a perdição em sua totalidade. 

O AMOR VENCE A SENSUALIDADE

Mas, da escada interna salta sobre o terraço uma figura delgada de uma jovem velada. Ela corre, ligeira como uma borboleta até Jesus, tira o véu e o manto, e cai aos pés de Jesus, tentando beijá-los.
“Salomé!”, grita Cusa e outros com ele.
Jesus se afastou tão violentamente para escapar daquele contato, que sua cadeira tombou e Ele se aproveita dela para colocá-la entre Ele e Salomé, como uma separação. Seus olhos causam medo, pois estão fosforescentes, terríveis.
Salomé, leviana e descarada, toda cheia de denguice, diz: “Sim, sou eu. A aclamação chegou até o Palácio. Herodes te manda uma embaixada para dizer-te que ele te quer ver. Mas eu a precedi. Vem comigo, Senhor. Eu te amo e te desejo tanto! Eu também sou carne de Israel.”
“Vai para a tua casa.”
“A Corte te está esperando para prestar-te uma homenagem.”
“A minha Corte é esta. Não conheço outra, nem outras homenagens”, e com a mão Ele mostra os pobres sentados às mesas.
“Eu te trago presentes para ela. Toma as minhas jóias.”
“Eu não as quero.”
“Por que as recusas?”
“Porque são imundas e dadas para um fim imundo. Vai-te embora!”
“Salomé se levanta impedida. Olha rapidamente para o Terrível, o Puríssimo, que a fulmina com o braço estendido e com um olhar de fogo. Ela olha furtivamente para todos, e vê escárnio e nojo em todos os rostos. Os fariseus estão petrificados, e observam a cena inesperada. As romanas resolvem ir para perto, para verem melhor.
Salomé tenta ainda uma última prova: “Tu te aproximas até dos leprosos...”, diz ela submissa e suplicante.
“Ele são doentes. Tu és uma impudica! Vai-te embora!”
Este último “vai-te embora” foi tão forte, que Salomé recolheu o véu e o manto, e inclinada foi deslizando e se dirigindo para as escadarias.
“Cuidado Senhor!... Ela é poderosa... Poderia fazer-te mal”, sussurra Cusa em voz baixa. Mas Jesus responde com uma voz muito mais forte, para que todas as possam ouvir e, em primeiro lugar, aquela que foi expulsa: “Não importa. Eu prefiro ser morto a ter alianças com o vício. Suor de mulher lasciva e ouro de meretriz são venenos do inferno. Aliança de vilezas com os poderosos é culpa. Eu sou Verdade, Pureza e Redenção. E não mudo. Vai. Acompanha-a...”
“Eu castigarei os servos que a deixaram passar.”
“Não castigarás nenhum deles. Uma só é que sai castigada. Ela. Está castigada. E que ela saiba, e vós fiqueis sabendo que o pensamento dela a meu respeito é conhecido, e que dele Eu tenho nojo. Que a serpente volte para a sua toca. E o Cordeiro volta para os seus jardins.”
Ele se assenta. Está suando. Está calado. Depois Ele diz: “Joana, dá a cada um a esmola, para que menos triste lhes seja a vida por alguns dias. Que mais que devo fazer por vós, filhos da dor? Estou lendo os vossos corações. Aos doentes que sabem crer, paz e saúde.”
Um instante de pausa, e depois um grito... e são muitos e muitos que se levantam curados. Os judeus que tinham vindo para o surpreenderem, lá se vão aturdidos e desorientados diante do delírio geral, por entre as aclamações pelo milagre e pela pureza de Jesus.
Jesus sorri, beijando as crianças. Depois se despede dos hóspedes, entretendo as mulheres e falando com Joana em favor delas. Joana toma nota e as convida para o dia seguinte. Depois elas também se vão. Os últimos são os velhos.
Ficam apenas os apóstolos, os discípulos, as discípulas e as romanas. Jesus diz: “Assim é que deverá ser a união futura. Não há palavras. Os fatos falam aos espíritos e as mentes com sua evidência. A paz esteja convosco.”


(de Jesus á Valtorta, Vol. 6, pgs. 77, 78)


obs: Sexo não é amor, e sim um ato de puro desejo carnal. Amor, o amor verdadeiro é espiritual, é um bem querer a outro espírito sem desejar nada em troca. É se dar sem esperar recompensa. É fazer o bem a alguém, simplesmente para ver este alguém feliz.
Antonio.