sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

AGRADECIMENTO A DEUS


OBS: A minha netinha Lisbela já nasceu a algum tempo, mas ainda não tive tempo de agradecer a Deus.




 LISBELA ANJINHO DE DEUS


Presente de Deus em nossas vidas. Fruto do encontro de duas pessoas que se amam de verdade, que somente o Criador poderia unir. Recompensa do Céu não só para os jovens amantes, mas também para a vovó que sempre sonhou em ter uma menina. Seja bem vinda Lisbela, criança rodeada de amor. Como um pequenino botão de rosa, desponta para a vida, linda, perfeita, com a eternidade pela frente. Você vai conhecer a Nova Terra e um Novo Céu, muito mais lindo do que os atuais. Estará no lugar mais lindo do universo, em paz, conosco, com Deus.
Não precisa temer nada, porque já está tudo escrito no livro da Vida, e toda nossa família estará lá, nas páginas eternas do Céu, no convívio com Deus.
O que mais se pode almejar?
Felizes aqueles que fazem a vontade de Deus, porque encontrarão a felicidade sem fim. Felizes aqueles que rezam pelo próximo, porque encontrarão a companhia dos Anjos e dos cidadãos do Paraíso, numa comunhão com Deus.
Feliz sou eu, agraciado por Deus, para ser um dos condutores desta corrente do bem, recheada de graças e conquistas através das orações.
Anjinho de Deus na terra, vem, vem voar em espírito de luz para a Grande Luz que nos atrai para seu convívio. Existe um tesouro que não é deste mundo, supera todos os tesouros encontrados, e os que hão de ser encontrados, e você fará parte dele: do Reino de Deus.
Este é o meu querer, e a minha fé.
Bem vinda querida!
Obrigado meu Deus! Sei que foi Vós, ó Altíssimo.
Me recolho em obediência e oração.
Que seja feita a tua vontade e não a minha.

Antonio Carlos Calciolari

O HOMEM-DEMÔNIO JOÃO DE "DEUS"




O HOMEM-DEMÔNIO JOÃO DE “DEUS”

Com relação as obscenidades cometidas pelo médium Espírita João de Deus, já fiz inúmeros comentários aqui neste Blog a respeito desta seita maligna. Eu a considero a maior prova hoje em dia da existência dos demônios, onde eles se manifestam com possessões induzindo os infelizes invocadores de espíritos, pensarem que estão falando com entes queridos, mas na verdade são os próprios demônios que “falam” com eles.  Aquelas informações que somente o ente querido sabia do falecido, revelada pelo médium, nada mais é do que informação dos demônios do ar, que tentam o homem a milênios, e tudo sabem a respeito de quem já deixou esta vida. Caso João de Deus seja submetido a um exorcismo, com certeza inúmeros demônios iriam se manifestar rindo e debochando de todos. Toda pessoa que pratica invocação de espíritos, recebe como paga espíritos malignos, porque não foi permitido ao homem a comunicação extra terrena com os mortos. Deus nos pede para que deixemos os mortos em paz, pois o satânico veneno esta sempre a espreita para dominar as mentes destes invocadores. Somente Deus poderia permitir um contato com os mortos, por desejo Divino e nunca por um desejo humano.
Será que finalmente a ficha vai cair para os Espíritas? Depois de todas estas constatações de abusos sexuais, fortuna, contrabando de pedras preciosas, posse de armas de fogo, ameaças de morte, além da notória soberba intelectual, será que diante de tudo, ainda vão continuar a desobedecer a Deus praticando invocações de espíritos?
Ele dizia que era possuído pelo espírito de Augusto de Almeida, ou de Santo Inácio de Loyola, será? Acreditam mesmo que este Santo Católico defensor do seguinte pensamento:
“Olhai também para vossos próximos como imagens da Santíssima Trindade e capazes de sua glória, a quem serve o universo, templos vivos do Espírito Santo, membros de Jesus Cristo nosso Senhor, remidos com tantas dores, infâmias e o próprio sangue”.
“Não fales, não respondas, não medites, nada faças, enfim, sem antes pensares se aquilo agrada a Deus e serve para exemplo e edificação do próximo”. (Frases extraídas do livro “Cartas de Santo Inácio de Loyola”.)
Poderia mesmo estar no corpo de um polígamo, estuprador e mentiroso, um homem que pensava e agia completamente diferente? Como uma alma pura poderia “possuir” uma espúria? Contradições e mais contradições na informações dadas pelos espíritas, quanto mais se aprofunda na compreensão dos fatos, mais mentiras aparecem.
Vejam o caso de Chico Xavier, que diz ter escrito o livro Nosso Lar, por psicografia através de um espírito desconhecido, que não quis se identificar, dizendo para chamá-lo de André Luis. Este Nosso Lar é um suposto paraíso espírita, que não tem nada a ver com o Paraíso de Deus Uno e Trino Criador de tudo que existe. Neste suposto paraíso psicografado por este espírito desconhecido, não existem Anjos, Jesus, os Santos e Mártires e muito menos Nosso Senhora. Lá existem ônibus levando almas daqui para acolá, para a purificação ou preparação para uma nova reencarnação terrestre. Dá para acreditar nisso? É notório que se trata de um conto Satânico, este espírito desconhecido, só pode ser um demônio, pois eles trabalham para fazer desacreditar a doutrina de Jesus Cristo. Volto a dizer, os demônios são seres espirituais inteligentes, onde cada qual tem seu poder de interferência entre o que é extra-terreno e terreno. Também podemos dizer que todos os médiuns, bruxos e feiticeiros, sabem conscientemente que aquelas comunicações espirituais não são de Deus, mas mesmo assim continuam a exercer a “profissão”, por pura ganância, soberba, notoriedade e fama.
Reencarnação não existe. Se você é cristão, deve refletir sobre esta verdade, que é uma ofensa a Deus, pois indiretamente está dizendo que Deus não é capaz de julgar com justiça uma curta vida, ou uma única existência terrestre. A regra tem que ser igual para todos, uma vida, uma alma, uma existência terrestre, depois o julgamento individual, e no final dos dias, no último dia, o julgamento diante de toda a criação.
Quero lembrar também que Satanás está fazendo um grande esforço para se esconder, para não dar motivos para que acreditemos em sua existência, trabalha insistentemente para fazer desacreditar a existência do inferno, pois fazendo isto encoraja os homens a pecarem. A lógica deste maldito é: se não existe inferno, ele não existe, se ele não existe, não existe Deus nem o Paraíso.
Assim é a atuação das trevas espirituais sobre o comportamento humano, se há o interesse de um homem pelo oculto, e a ele se dedica, imediatamente os demônios se amontoam sobre o infeliz. Vejam que é sempre com o consentimento, com a vontade, o querer do homem na atuação demoníaca. O livre arbítrio é o divisor entre estar ou não sob influência perversa, ou livres e amantes da verdade. Deus não interfere na vontade do homem.
Tudo que é oculto não vem de Deus, e tudo que é sobrenatural vem de Deus.

Antonio Carlo calciolari

OBS: Homenagem sincera ao Padre Quevedo, incansável estudioso da parapsicologia e homem valente contra a doutrinação espírita no Brasil, desvendando com seus livros e pesquisas, estes charlatões espirituais.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

POR QUE CHORA CRISTÃO?




POR QUE CHORA CRISTÃO?

Por que chora cristão? Por que a tristeza invadiu teu coração? Talvez você não saiba, mas já és um vencedor. Dentro de teu coração o Espírito Santo toma conta, exalando sua flagrância, iluminando sua alma com o fogo do Amor maior, lavando, cuidando, renovando, purificando e elevando-o ao patamar dos Santos.
Por que chora então cristão, sabendo que a volta de Jesus é iminente? Sempre sonhamos com este grande acontecimento. Os Santos já cantam a volta do Cordeiro e os Anjos Celestiais tocam suas trombetas apocalípticas. E nada, nada vai impedir que as profecias se cumpram. Esta é a verdade verdadeira, única e eterna. Se continuar a chorar, será como tentar nadar onde não existe água, ou voar sem ter asas. Você é uma criança completamente inocente, sem qualquer tipo de pecado, pedindo misericórdia, pedindo perdão ou piedade a Deus. Acalme-se! Respire fundo! Sinta dentro de você o Amor. Sinta esta paz interior que te convida para vôos muito mais altos, na plenitude de sua consciência.
Entregue-se de corpo e alma a este fogo que não queima, mas que te acolhe e te abraça com os fulgores do Paraíso. Não coloque entraves em sua razão, pisoteie o orgulho, passe longe da soberba, e assuma sua posição intelectual perseverante e fiel aos ensinamentos de Jesus. Corra na velocidade da luz, sem hesitar, em direção a verdade eterna e santificadora.
Oh! Cristão, que chora por amor, por devoção, por êxtase espiritual, por achar que já esperou demais. Não se precipite em suas conclusões e entregue tudo nas mãos de Deus. Abra os olhos do coração e perceba que sua Alma, tua vizinha, se alegra por ti, embranquecida, quase translúcida, em retribuição aos teus bons pensamentos.
Não chore mais cristão de fé e esperança, porque se for assim vou chorar junto de ti, e nossas lágrima se juntarão as outras lágrimas de outros cristãos, na mesma situação, tomados pelo Espírito Santo, formando a fonte da esperança da vinda de nosso querido e amado Nosso Senhor Jesus Cristo, salpicando em ondas de pura alegria.
Por que então choras, se tens a beleza da flor,  selo de identificação do Amor de Deus Criador, essência do Amor. Vamos pois entrar em conversação com Deus, rezando, agradecendo por tudo que temos, por tudo que recebemos sem pedir, mas que por graça Divina nos foi concedida. Porque eu lhe digo uma verdade: Se o pedido é justo e honesto, a graça vem multiplicada e generosa.
Paz!
Paz!
Silêncio, o tempo já não é.

Antonio Carlos Calciolari

sábado, 5 de janeiro de 2019

MENSAGEM DE REPÚDIO Á REDE GLOBO


A imagem não foi feita por mãos humanas.





Sempre que posso, procuro defender Jesus das investidas das trevas, que tentam sem parar, fazer esquecer a doutrina Santa e imutável, principalmente quando se trata de um grande chifre de comunicação como a Rede Globo. A mensagem resposta abaixo, mandei no dia posterior a reportagem, ou seja logo em seguida. A reportagem tratava de achado arqueológico que comprovava a existência de Poncio Pilatos e consequentemente de Jesus Cristo, mas foi pela declaração de uma pessoa desconhecida do meio dos estudiosos do Santo Sudário, que me irritei, pela informação mentirosa dada por ele, negando a autenticidade do Santo Manto que cobriu Jesus Cristo.

Mensagem de repudio à Rede Globo

Referente - Reportagem no Fantástico a respeito da opinião de um desconhecido negando a autenticidade do Santo Sudário.

Com indignação me oponho a esta reportagem, não pelos achados arqueológicos, mas pela declaração de um homem desconhecido dos meios cristãos, pois induz as pessoas a pensarem que Jesus foi apenas um simples homem, um simples personagem daquela época de Pôncio Pilatos.
É por acaso aceitável, uma pessoa que não é um dos estudiosos do Sudário de Turim, opinar, dar seu parecer, a respeito sobre algo que não tem conhecimento? Não era necessário, antes de indicar uma pessoa para falar a respeito, que os responsáveis por tal relevante reportagem, pesquisassem antes com pessoas realmente conhecedoras das evidências da veracidade do Manto? O entrevistado disse que o Sudário é  apenas uma relíquia medieval, e que Jesus não tinha barba, mostrando uma tatuagem em seu braço. Devemos diante deste único testemunho acreditar? E quais são as pesquisas que fez para dar tal opinião?
Já faz alguns anos que inúmeros estudiosos deste pano único, tem como certeza sua veracidade, ou seja, é o pano que envolveu Jesus no sepulcro. A quantidade de evidências encontradas são tantas, que não se tem mais dúvidas a respeito.
Vejamos o que a ciência comprovou:
1.      Depois da morte, ele foi envolto em um lençol.
2.      Ele tem feridas de um capacete de espinhos e sinais de flagelação.
3.      Carregou nos ombros um objeto pesado, semelhante ao transporte do patíbulum (haste transversal da cruz)
4.      Foi pregado na cruz com cravos, sendo nos pulsos e nos pés.
5.      Recebeu um ferimento do lado direito do peito depois de morto, e suas pernas não foram quebradas.
6.      Foi envolto no lençol logo depois de descido da cruz, sem que fosse efetuada operação de lavação e de unção do cadáver.
7.      Permaneceu no lençol por pouco tempo.
8.      A imagem em negativo só poderia ter se formado com o transpassar de alguma luz forte,visto que não é pintura nem tinta de qualquer natureza.
9.      Os filetes de sangue do Sudário têm o escorrimento de quem esteve crucificado.
10.  Foram encontrados nos olhos da figura , a imagem de uma moeda em cada olho, uma era um Lituus(bastão recurvado), cunhado por Pôncio Pilatos em 29 A.C., sobre a outra pálpebra entrevem-se as letras YCAI; elas fazem parte da inscrição TiberioYCaisaros, de Tibério Cesar imperador de Roma na época de Jesus.
11.  Esse pano tem as características de um tecido funerário hebraico do século I, provavelmente da área da Palestina.
12.  Esse homem sofreu uma crucificação romana do século I, com particularidades desconhecidas na idade Média, mas em sintonia com as descobertas histórico- arqueológicas posteriores.
13.  Esse sangue humano se coagulou sobre a pele ferida e passou para o tecido por fibrinólise, com modalidades irreproduzíveis com pincel.
14.  Esse cadáver, posto no lençol cerca de duas horas depois da morte, permaneceu por 30 a 36 horas sem sinais de putrefação.
15.  Essa imagem em negativo, não é nem pintura, nem estampa, nem chamuscadura. É uma projeção do corpo, a qual codificou-se a informação tridimensional, e é como se houvera sido impressa no tecido por um fenômeno foto-radiante (luz intensa).
16.  Esse lençol não tem sinais de deslocamentos, ele se abaixou porque estava vazio.
17.  A imagem é sobrenatural, não foi feita por mãos humanas.
18.  A imagem é de um homem com barba e com mais ou menos 1.78 cm de altura. A idade é calculada em 30/35 anos e o peso em cerca  de 79 Kg.

Todas estas afirmações foram feitas por cientistas durante muitos anos de pesquisa, e depois confirmadas por outros cientistas durante outros anos de estudo, portanto é inimaginável todos estarem errados, é o tecido mais estudado da história da humanidade. Aos que argumentarem a possibilidade de entre os estudiosos e cientistas ter vários crentes católicos, lembremos de que eles se apresentaram como especialistas em sua área de ciência, e, portanto, respeitam o resultado real da pesquisa. A indução a qualquer outro resultado não autêntico, seria  questionada pelos demais cientistas participantes e postos sob suspeita, o que não ocorreu, muito pelo contrário, todos foram unânimes em todos os resultados das pesquisas.
Outras provas da autenticidade do Sudário de Turim, estão na verificação de que, as outras relíquias, a Túnica de Argentil (aquela que Jesus usou para carregar a cruz)e o Sudário de Oviedo(aquele que foi colocado sobre o rosto de Jesus no sepulcro), tem o mesmo tipo de sangue da mortalha:AB. O Véu de Verônica(aquele que Verônica enxugou o rosto de Jesus durante sua crucificação), se sobrepõe ao rosto do Sudário de Turim, revelando que são da mesma pessoa. Vários milagres Eucarísticos tem o mesmo tipo de sangue do Sudário de Turim, do Sudário de Oviedo e da Túnica de Argentil:AB. Percebam como uma prova comprova a outra e vice versa? É simplesmente impossível o Santo Sudário não ser o que realmente encobriu o corpo de Jesus no sepulcro. Não só isso. Também prova a sua ressurreição, pois somente um corpo imaterial fulgurante, poderia transpassar a mortalha e nela deixar impregnada a imagem de frente e verso de um ser humano, com tantos detalhes. Aliás, o motivo real de muitos negarem sua veracidade, está justamente neste quesito: prova a ressurreição de Cristo. Prova que de fato Jesus é Deus.
Para aqueles que precisam do máximo de informação, esta é apenas uma listagem de alguns dos cientistas e estudiosos que colaboraram com as comprovações científicas relacionadas com as relíquias de Cristo. Existem muitos outros que estudaram e ainda estudam as relíquias, que não estão nesta lista.
VirgilioTimossi – Perito Tecelão. Silvio Curto – Professor de Egiptologia. Wiliam Geilmann – Perito Tecelão. Franco Testore – Prof. em Tecnologia Têxtil. Gabriel Vial – Perito em estudos de Tecidos Antigos. Gilbert Raes – Diretor Têxtil. Kenneth E. Stevenson – Engenheiro.Gary R. Habermas – Filósofo.Robert Bucklin – Médico Legista. Secondo Pia – Fotógrafo. Giuseppe Enrie – Fotógrafo Profissional.Giovanni Battista Judica – Fotógrafo Profissional. Guido Filogamo – Prof. de Anatomia Humana. Alberto Zima – Prof. de Anatomia Humana.Max Frei Sulzer – Perito em Microvestígios. Aharon Horowitz – Palinólogo. Avinoan Danin – Especialista em flora desértica Israelense. A.Oville Dahl – Palinologista.Alan Whanger – Técnica em sobreposição em luz polarizada. Pier Luigi Baima Bollome – Medicina Legal. Giovanni Riggi – Projetista. Vermon Miller – Fotógrafo.Joseph Kohlbeck – Cristalógrafo.Ricardo Levisetti – Químico.Perre Barbet – Perito em anatomia.  John H. Heller – Cientista. Alan D. Adler – Cientista.Gilbert Lavoie – Médico.Giuseppe Caselli – Radiologista. Carlo Brillante– Químico e Microscopia. Giulio Ricci – Estudioso do Sudário.Sebastiano Rodante – Médico e estudioso do Sudário.Lamberto Coppini – Diretor do Inst. De Anatomia de Bolonha.bMark S. Evans – Fotógrafo cientista. Giovanni Judica Cordiglia – Medicina Legal.Hugo Wedenissow – Médico.Willian Stroud – Médico.Edward Wuenschel – Estudioso do Sudário. Antonio Persili – Especialista em exegese Bíblica. Rebeca Jackson – Estudiosa de rituais Judaicos. Giuseppe Ghibreti – Filologia Neotestamentária. Gino Zaninotto – Professor de Latim e Grego.Bruno Barberis – Matemático. John P. Jackson – Físico. Eric J. Jumper – Físico. Giovanni Tamburelli – Professor em Transmissão Elétrica. Francis L. Filas – Elaborador Tridimensional. Nello Balossino – Professor de Informática. Paul Vignon – Biólogo. Michel Adgé – Prof. De Química. Giovanni Imbalzano – Prof. De Matemática e Física. Ítalo Alighiero Chiusano – Estudioso do Sudário.
Sempre no intuito de esclarecer, de se fazer conhecer a verdade, considerando que talvez a equipe da Rede Globo, não teve tempo suficiente para levar ao ar outras informações mais relevantes. Fico na expectativa de que voltem a tratar deste assunto, em outro momento, e desta vez contando uma outra história.

Livro e Blog para esclarecimentos:
MARINELLI, Emanuela, O Sudário: uma imagem impossível, Ed. Paullus, São Paulo, 1998.
·         cienciaconfirmaigreja.blogspot.com.br



Antonio Carlos Calciolari

domingo, 16 de dezembro de 2018

A ANUNCIAÇÃO




Neste Natal, nada mais justo do que revelar, como foi a aceitação da Virgem Maria em ser a Mãe do Salvador da humanidade. A confirmação do propósito de Deus desde o início dos tempos, na aceitação de Maria, de Jesus em ser encarnado, para o bem de todos nós. A época da Graça chegou.

 

A ANUNCIAÇÃO

 

Em sua humilde casa herdada de seus pais Ana e Joaquim, na cidade de Nazaré.

 

O canto de Maria se transforma em oração: - Senhor Deus Altíssimo, não tardes a mandar o teu Servo, que venha trazer a paz sobre a terra. Faz chegar o tempo e a virgem pura e fecunda, para a vinda do teu Cristo. Pai Santo, concede à tua serva que possa oferecer a sua vida para que isso aconteça sobre a terra, concede-me morrer, depois de ter visto a Tua luz e a Tua justiça sobre a terra, sabendo que a Redenção já se cumpriu. Ó Pai Santo, manda à terra o suspiro dos profetas. Manda a esta tua serva o Redentor. Que no dia em que cessar a minha vida, se abra para mim a tua morada, porque, as portas do céu já terão sido abertas pelo teu Cristo, para todos aqueles que em Ti esperaram. Vem, ó Espírito do Senhor! Vem aos teus fiéis, que te esperam! Vem, Príncipe da Paz!...-

O Anjo Gabriel aparece e diz:

- Ave, Maria, cheia de Graça, ave! Não tenhas medo... O Senhor está contigo. Bendita és tu entre todas as mulheres.
- Não tenhas medo, Maria! - Eu sou Gabriel, o Anjo de Deus. Meu Senhor me mandou a ti. Não tenhas medo, porque achaste graça junto de Deus. Eis que agora conceberás em teu ventre, e darás à luz um Filho, e lhe porás o nome de “Jesus”. Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de Davi seu pai. Ele reinará para sempre na casa de Jacó e o seu Reino nunca terá fim. Procura compreender, ó santa virgem amada do Senhor, filha bendita do Senhor, que foste chamada para ser mãe de seu Filho, o Qual tu gerarás. 
Diz Maria - Como poderá acontecer isso, se eu não conheço varão? Talvez o Senhor Deus não quer mais receber a oferta de sua serva, de ficar virgem por amor Dele? 
O Anjo Gabriel - Não serás mãe por obra de homem, ó Maria. Tu és a virgem eterna, a santa de Deus. O Espírito Santo descerá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com Sua sombra. Por isso, Aquele que nascer de ti, se chamará Santo, Filho de Deus. Tudo pode o Senhor nosso Deus. Isabel, a estéril, concebeu em sua velhice aquele que será o profeta do teu Filho, ele preparará o caminho para teu Filho. O Senhor tirou de Isabel o seu opróbrio, e os povos lembrarão dela, unida ao teu nome, como também o nome do filho dela ficará unido ao do teu, até o fim dos séculos. As nações vos chamarão bem-aventuradas, pela Graça do Senhor que veio a vós, e especialmente a ti, pois esta Graça chegou a todos os povos por meio de ti. Isabel já está em seu sexto mês, e o peso que ela carrega, a soergue até à alegria. Nada é impossível para Deus, Maria, cheia de Graça. O que devo ir dizer ao meu Senhor? Nenhuma dificuldade deverá perturbar-te. O Senhor defenderá os teus interesses, se confiares Nele. O mundo, o Céu, o Eterno estão esperando pela tua palavra!
E Maria diz:
- Eis aqui a serva de Deus. Faça-se de mim conforme a sua palavra.

(De Jesus a Valtorta, O Evangelho como me foi revelado)

Feliz Natal a todos!

Antonio Carlos Calciolari

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

SALVE LINDO PENDÃO DA ESPERANÇA




SALVE LINDO PENDÃO DA ESPERANÇA

 

Salve lindo pendão da esperança, salve símbolo augusto da paz. Um novo tempo se abre para o povo brasileiro. Um tempo de novas esperanças, de novas expectativas. O tempo das trevas vai passando juntamente com os homens pró-morte, serviçais do Maligno. O sol se abre novamente no solo do nosso querido Brasil. A escuridão passou. Salve nobre presença lembrança, que suas cores nos traz, do verde, azul e amarelo. Viva o novo tempo, viva o povo brasileiro, os verdadeiros e leais homens de boa vontade e de paz. Eis que no horizonte um brilho iluminou o caminho a seguir. Seguir honrando nossos pais e consequentemente nossas amadas famílias, desejo e preceito do Criador. Vejo que neste novo horizonte que se abriu, o Tau da salvação da alma se expandiu além do imaginável, graças a Deus. Sim, graças a Deus, pois foi devido as inúmeras orações que este novo horizonte se abriu a olhos vistos, para todos nós brasileiros.
Nosso Criador deseja converter o maior número de almas possíveis, antes da terceira guerra mundial, que está por pouco. Sendo assim, uma espada afiada penetrou na falsa teoria Espírita, levando seu maior líder ao desprezo e decadência. João de “Deus”, médium, para não dizer bruxo ou feiticeiro, não conseguirá explicar as inúmeras denúncias de abuso sexual cometidas por ele, com suas pacientes e, inclusive com sua própria filha, para se livrar da cadeia. Não sei se prestaram atenção nas declarações dele, quando estava tentando seduzir mais uma paciente, dizendo que uma “entidade” exigia que fizesse tais abusos, pois somente assim conseguia realizar as “curas espirituais” e “mediúnicas”. Traduzindo: um demônio que habita nele, o convenceu de que tinha de cometer os abusos, caso contrário não o ajudaria com as “curas”.
Também contra a Teologia da Libertação, uma outra espada, igualmente afiada, foi estocada no seu cerne, com a queda da esquerda brasileira. A CNBB em sua maioria segue esta nefasta teologia esquerdista, ficando acorrentada, limitada, com menos poder de persuasão entre os Católicos. O Foro de São Paulo, como a CNBB, fica ainda mais rebaixada, pois dificilmente realizará um outro encontro das trevas no Brasil.
Recebe, portanto, o afeto que se encerra em nosso peito juvenil. Querido símbolo da terra, da amada terra do Brasil: A Bandeira Brasileira. Tremula com os bons ventos de um futuro glorioso. Oh! doce terra bendita e amada do Brasil.


Antonio Carlos Calciolari

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

O VERBO DE DEUS - A LUZ DO MUNDO




O VERBO DE DEUS


506 - No Templo, o contestado discurso que revela em Jesus a Luz do mundo.

Diz Jesus: “ Eu sou a luz do mundo, e quem me segue não caminhará nas trevas, mas terá a luz da vida.” E fica calado, depois de ter enunciado o assunto da pregação, que Ele vai desenvolver, como faz habitualmente, quando está para pronunciar algum grande sermão. Cala-se para dar tempo ao povo de decidir se o assunto lhe interessa, ou não, e dar também tempo àqueles aos quais o tema proposto não interessa, para que se vão embora. Dos ali presentes, ninguém foi-se embora. E até os fariseus, que estavam de pé na porta, ocupados em uma conversação dissimulada e mentirosa, e que se calaram, e forçaram sua entrada na sinagoga, com aquele rompante de costume, abrindo alas para o interior.
Depois que cessou todo aquele barulho, Jesus repete a frase que antes disse, com voz ainda mais forte e continua:
“Eu sou a luz do mundo, sendo Filho do Pai, que é o Pai da Luz. O Filho é sempre semelhante ao Pai que o gerou, e dele tem a mesma natureza. Igualmente Eu a Ele sou semelhante e tenho a natureza daquele que me gerou. Deus, o Altíssimo, o Espírito perfeito e infinito, é Luz de Amor, Luz de Sabedoria, Luz de Poder, Luz de Bondade, Luz de Beleza. Ele é o Pai das Luzes, e quem vive dele e nele, vê, porque está na Luz, assim como é do desejo de Deus que as criaturas vejam. Ele deu aos homens inteligência e sentimento, para que eles pudessem ver a Luz, isto é, a Ele mesmo, e compreendê-la e amá-la. E deu aos homens olhos para que pudessem ver a coisa mais bela entre as coisas criadas, a perfeição dos elementos, aquelas coisas pelas quais se torna visível a Criação, a que é uma das primeiras ações de Deus Criador, e traz o sinal mais visível daquele que a criou, a luz incorpórea, brilhante, extasiante, consoladora, necessária, como é o Pai de todos: Deus Eterno e Altíssimo.
Por uma ordem de seu pensamento, Ele criou o firmamento e a terra, isto é, a massa da atmosfera e a massa do pó, o incorpóreo e o corpóreo, o que é leve e o que é pesado, mas ambos ainda pobres e vazios, ainda informes, porque encobertos pelas trevas e vazios ainda de astros e de vida.
Mas, para dar á terra e ao firmamento sua verdadeira fisionomia, para fazer deles duas coisas belas, úteis, aptas para o prosseguimento da obra criadora, o Espírito de Deus, que pairava sobre as águas, e que fazia um Ser com o Criador que criava e o Inspirador que o impelia a criar, a fim de poder amar não somente a Si mesmo no Pai e no Filho, mas também um número infinito de criaturas com os nomes de astros, planetas, águas, plantas, flores, animais que voam, que saltam, que se arrastam, que correm, que pulam brincando, que sobem e finalmente o homem, o mais perfeito entre as criaturas, mais perfeito que o sol, porque tem a alma; alem de ter a matéria, a inteligência além do instinto, a liberdade além da ordem, o homem semelhante a Deus pelo Espírito, semelhante ao animal pela carne, o semideus que se torna Deus pela graça de Deus e por sua própria vontade, o ser humano que, se quiser, pode transformar-se em Anjo, o mais amado das criaturas sensíveis, pelo qual, mesmo sabendo que é pecador, antes que existisse o tempo, preparou o Salvador, a vítima no Ser amado sem medida, no Filho, no Verbo, pelo qual tudo foi feito, mas para dar á terra e ao firmamento sua verdadeira fisionomia, como Eu dizia, mas que o Espírito de Deus, pairando sobre o cosmo, grita, e é a Palavra que, pela primeira vez se faz ouvir: “Que exista a luz”, e eis a luz, boa, saudável, forte durante o dia, mais atenuada durante a noite, mas imperecível, enquanto existir o tempo.
O oceano de maravilhas, que é o trono de Deus, o seio de Deus. Deus tira a jóia mais bela e é a luz que vem á frente da jóia mais perfeita, que é a criação do homem, no qual não está uma jóia de Deus, mas está o próprio Deus, com o seu sopro inspirado sobre o barro, para fazer dele uma carne, uma vida e um herdeiro no Paraíso Celeste, onde Ele espera os justos e os filhos, para felicitar-se neles, e eles Nele.
Se no início da criação Deus quis a luz sobre suas obras, e se para fazer a luz se serviu de sua palavra, se Deus aos mais amados dá a sua semelhança mais perfeita, a luz, luz material alegre e incorpórea, a luz espiritual sábia e santificante, poderá ter deixado de dar ao Filho do seu amor aquilo que é Ele mesmo? Aquele no qual Ele, desde a eternidade Ele se compraz, o Altíssimo deu tudo, e do tudo Ele quis que fosse a primeira e poderosíssima a Luz, porque sem esperarem subir ao Céu, os homens conhecessem a maravilha da Trindade, o que faz que os céus cantem em alegres coros, cantem pela harmonia de alegria admirável, que sentem os Anjos ao olharem para a Luz, isto é, para Deus, Luz que enche o Paraíso, e o faz ser a felicidade de todos os seus habitantes.
Eu sou a Luz do Mundo. Quem me segue não anda nas trevas, mas terá a luz da Vida.
Assim como a luz sobre a terra informe permitiu a vida ás plantas e aos animais, assim a minha Luz permite aos espíritos a Vida Eterna. Eu, a Luz que eu sou, crio em vós a Vida e a mantenho, a aumento, vos recrio nela, e vos transformo, vos levo para a morada de Deus, por caminhos de sabedoria, de amor, de santificação. Quem tem em si a luz, tem Deus em si, porque a luz é uma só coisa com a caridade, e quem têm caridade tem a Deus. Quem tem em si a luz, tem Deus em si a Vida, porque Deus está onde é bem acolhido o seu Filho dileto.”
Um dos fariseus diz: “Tu dizes palavras sem fundamento. Quem foi que viu o que é Deus? Nem mesmo Moisés viu a Deus, porque sobre o Horeb, mal ele soube que era Deus que estava falando do meio da sarça ardente, cobriu o próprio rosto. E também nas outras vezes não pôde vê-lo, por entre os fulgores ofuscantes. E, tu dizes que já viste a Deus? A Moisés, que apenas o ouviu falar, ficou-lhe um resplendor no rosto. E tu que luz é que tens no rosto? Tu és um pobre Galileu, de rosto pálido, como a maior parte de nós. Tu és um doente cansado e magro. Em verdade, se tivesse visto a Deus, e Ele te amasse, não serias como um que está para morrer. Queres tu dar a vida, quando não a tens, nem mesmo para ti?”, e sacodem a cabeça, apiedando-se ironicamente dele.
“Deus é Luz, e Eu sei qual é a sua Luz, porque os filhos conhecem os seus pais e porque cada um conhece a si mesmo. Eu conheço a meu Pai, e sei quem Eu sou. Eu sou a Luz do mundo. Eu sou a Luz, porque meu Pai é Luz, e me gerou, dando-me a sua natureza. A Palavra não é diferente do Pensamento, porque a palavra expressa o que o intelecto pensa. E, afinal, vós não conheceis mais os profetas? Não vos lembrais de Ezequiel, e principalmente de Daniel? Descrevendo a Deus, visto na visão, sobre o carro de quatro animais, diz o primeiro: “Sobre o Trono estava um que em seu aspecto parecia um homem e, dentro dele, e ao redor dele, eu vi uma espécie de âmbar amarelo, com uma aparência de fogo, que resplandecia ao redor, com o aspecto do arco-íris, quando se forma na nuvem em dia de chuva. Tal era o aspecto do esplendor ao redor.” E Daniel diz: “Eu estava observando, antes de se terem levantado dos tronos e de ter-se assentado, o Antigo em dias. Suas vestes eram brancas como a neve, e seus cabelos como uma lã alva. Vivas chamas formavam o seu Trono, e as rodas do sei Trono eram fogo ardente. Um raio de fogo escorria velozmente diante de sua face.” Assim é Deus, e assim é que Eu estarei, quando vier julgar-vos.”
O fariseu diz: “O teu testemunho não é válido. Tu dás testemunho de ti mesmo. Por isso, que valor tem o teu testemunho? Para nós ele não é verdadeiro.”
“Ainda que Eu preste testemunho a favor de Mim mesmo, o meu testemunho é verdadeiro, porque Eu sei de onde vim, e para onde vou, mas vós não sabeis nem de onde Eu vim, nem para onde vou. Vós considerais sabedoria o que vedes. Mas Eu conheço tudo o que é desconhecido pelo homem, e vim para que vós também o conheçais. Por isso é que Eu disse que sou Luz. Porque a luz é que faz conhecer o que estava escondido no escuro. No céu há luz, mas na terra domina as trevas, e escondem as verdades aos espíritos, porque as trevas odeiam aos espíritos dos homens e não querem que eles conheçam a verdade, nem as verdades a fim de que se santifiquem. E papa isso é que Eu vim. Para que tenhais a Luz e, portanto a Vida. Mas vós não me quereis acolher. Vós quereis julgar o que não conheceis, e isso não podes julgar, porque está muito mais alto do que vós, e é uma coisa incompreensível para quem quer que não a contemple com os olhos do espírito, um espírito humilde e alimentado pela fé. Mas vós julgais segundo a carne. E por isso não podeis estar na verdade em vosso julgamento Eu, ao contrário, não julgo a ninguém, sempre que Eu possa abster-me de julgar. Eu olho para vós com misericórdia, e rezo por vós. Para que vós abrais à Luz. Mas, quando Eu devo julgar mesmo, então o meu julgamento é verdadeiro, porque Eu não estou sozinho, mas estou com o Pai, que me enviou, e Ele vê, lá de sua glória, o interior dos corações. E, como Ele vê o vosso, vê também o meu. E, se Ele visse em meu coração um julgamento injusto, por amor a Mim e pela honra da justiça, Ele me adverteria. Mas Eu e o Pai julgamos de um só modo, e por isso somos dois, e não somente para julgar e testemunhar. Em vossa lei está escrito que o testemunho de duas testemunhas, que afirmam a mesma coisa, deve-se aceitar como verdadeira e válido. Portanto Eu dou testemunho de minha natureza, e comigo o Pai me enviou testemunhar a mesma coisa. Por isso, o que Eu digo é verdade.”
O fariseu: “Nós não ouvimos a voz do Altíssimo. Tu dizes que Ele é teu Pai...”
“Ele falou de mim no Jordão...”
O fariseu: “Está bem. Mas não estavas Tu sozinho no Jordão. Estava lá também João. Podia estar falando dele. Pois era um grande profeta.”
“Vós vos condenais com vossas próprias bocas. Dizei-me: quem é que fala pelos profetas?”
O fariseu: “O Espírito de Deus.”
“E para vós João era profeta?”
O fariseu: “E um dos maiores, se não o maior.”
“E, então, por que não crestes nas palavras dele, e não credes em nós? Ele me mostrou como o Cordeiro de Deus, que veio cancelar os pecados do mundo. A quem o interrogava se ele era o Cristo, ele dizia: “Eu não sou o Cristo, mas sou aquele que o precede. Atrás de mim vem alguém que na realidade vem a minha frente, porque ele já existia antes de mim, e eu não o conhecia, mas Aquele que se apoderou de mim, desde o ventre de minha mãe, e que me falou no deserto, me disse: “Aquele sobre o qual vires descer o Espírito Santo, É Ele que batizará com o Espírito Santo e com o fogo.” Não vos recordais disso? E, no entanto muitos de vós estáveis presentes... Por que é então que não credes no profeta, que me mostrou, depois de ter ouvido as palavras do Céu? Será que isso é o que Eu devo dizer ao meu Pai, que o seu povo não crê mais nos profetas?”
O fariseu: E onde é que está o teu pai? José, o carpinteiro, dorme, há anos no sepulcro. Tu não tens mais pai.”
“Vós não conheceis nem a mim, nem a meu Pai. Mas, se Me quisésseis conhecer, conheceríeis também o meu verdadeiro Pai.”
O fariseu: “És um possesso e um mentiroso. És um blasfemador, querendo sustentar que o Altíssimo é Teu Pai. E merecias ser apedrejado, como manda a Lei.”
Os fariseus e outros do Templo gritam ameaçadoramente, enquanto as pessoas olham para eles com olhares cheios de ira, querendo defender o Cristo.
Jesus olha para ele, sem acrescentar nenhuma palavra, e depois sai do salão por uma portinha lateral, que dá para um pórtico.

(O Evangelho como me foi Revelado – Maria Valtorta - vol. 8, pgs. 45 a 51)