terça-feira, 31 de maio de 2016

MARIA A CORREDENTORA


O TRIUNFO DE MARIA

MENSAGEM ANÔNIMA


Diz Jesus:

Meus amados: quanta alegria Eu encontro em vossa companhia e oração sincera, oração que brota dos vossos corações, que dão consolo ao vosso Salvador, porque, nesta hora, o Filho de Deus sofre terrivelmente por ver a noite escura que chega para a Minha Igreja, e poucos são os que se preparam para esta hora. Vós, Meus fiéis, que tanto Me amais e Me dais consolo, pelo desamor de tantos homens, eu vos digo que, também vós sereis consolados em vossa paixão dolorosa, e o bálsamo do Meu Amor, que é Meu Precioso Sangue derramado, vos fortalecerá para que também vós bebais do Cálice Amargo que está para derramar-se sobre os homens desta geração, malvada e perversa; porque os pecados desta geração já ultrapassaram os de Sodoma e Gomorra.
Existe um que é Pastor Universal da Minha Igreja, Meu Vigário, a quem o Pai Celestial, em uma noite escura, tal como a Mim, lhe dará de beber o Cálice amargo, e bebendo-o, ele se entregará à morte, porque cairá nas mãos dos inimigos, daqueles que lhe darão a morte, para que com seu sangue derramado, como mártir e Santo, sele a Verdadeira Igreja, ao Rebanho fiel, ao qual ele pastoreia em Espírito, porque a Cátedra de Pedro está ocupada pelo impostor, o Judas traidor deste tempo, o que se diz Bispo de Roma, quando é o falso profeta.
O poder do Altíssimo o cobrirá, ao Meu Verdadeiro Vigário, fazendo-o saber que chegou a hora de exaltar Maria, a Rainha dos Céus e da Terra, a Mãe do Salvador, cumprindo-se, com este anúncio e proclamação, o ÚLTIMO DOGMA DA IGREJA, para que Maria seja exaltada como CORREDENTORA, a qual por Ela e Nela, Esposa do Espírito Santo, o Paráclito e Consolador, Se manifeste novamente ao mundo inteiro num Segundo Pentecostes, para dar à Sua Amada esposa, o TRIUNFO DO SEU IMACULADO CORAÇÃO, que deve triunfar neste final dos tempos, junto com Meu Coração Sagrado, de Filho do Homem.

Assim, Meu servo e Vigário, terá cumprido fielmente a sua missão, a missão que lhe confiou o Altíssimo, neste ato de amor, de valentia e fidelidade ao Único e Verdadeiro Deus e à Única e Verdadeira Igreja, que Eu, Jesus Cristo, o Filho de Deus, fundei sobre uma rocha firme. Com isso Meu Vigário marcará o início da noite escura, o Getsêmani da Minha Igreja, para que se cumpra tudo quanto vos tem sido anunciado da parte do Altíssimo, e que Minha Mãe vos profetizou.
O Pastor e Vigário da Minha Santa Igreja, a que Me é fiel, anunciará e proclamará a Maria, Minha Santíssima Mãe, como a Corredentora, em uma festividade da Igreja da Mulher Santa e Bendita, a quem na Cruz do Calvário, sendo traspassado o Seu Coração, tornou-se Ela a Mãe de Deus, como Mãe da IGREJA, Mãe dos homens, a nova Eva, que também Ela, com o seu Fiat, com sua humildade e Obediência, redime ao mundo junto Comigo, o Filho de Deus, a Corredentora, a Mãe de todos os homens, a Mãe de todos os povos.
Quando o vosso Santo Vigário romper o silêncio, será visível ao mundo inteiro a oposição entre os dois papas, tornando-se descoberto e cumprindo-se aos olhos do mundo inteiro, o Terceiro Segredo de Fátima. A consequência deste feito fará com que se derrame a Ira do Meu Pai, porque terão Me crucificado a Mim em Pedro, a quem Eu dei a chaves da Minha Igreja.
Ó, Mãe Minha, Mãe Dolorosa aos pés da Cruz, chega o dia em que Teu Coração traspassado será exaltado na Cruz da Redenção. Velai com Maria, que Ela vos trará este fogo ardente, o Paráclito, o qual vos revelará tudo aquilo que está oculto e velado, porque Ele é o Consolador, o Renovador e o Doador da Vida, A TERCEIRA PESSOA DA TRINDADE, O ESPÍRITO SANTO, ESPOSO DE MARIA. Deixai-vos abraçar por este Doce Hóspede da alma, Senhor e doador da Vida, o Fogo ardente dos corações dos filhos do Deus Altíssimo.
Aclamai com gozo e júbilo, a chegada do Espírito Santo, porque este segundo Pentecostes será também para toda a humanidade o TRIUNFO DO PARÁCLITO, da SANTÍSSIMA TRINDADE em MARIA, a CORREDENTORA. Deixai-vos abraçar e habitar pelo Espírito Santo, e assim sabereis reconhecer, cada um, qual é a missão que vos tem sido confiada e devem levar a cabo.
JESUS!

Obs:  Apesar desta mensagem ser anônima, acredito nela, porque está de acordo com tudo que tenho lido no Livro da Verdade da Profeta Maria Divina Misericórdia. A divisão da Igreja se dará mais fortemente quando o Papa Bento XVI confrontar o outro que se diz Papa. E eu estarei do lado de Bento, o último Papa verdadeiro da Terra.

Antonio C. Calciolari

O DILÚVIO

               Monte Ararat - Fronteira entre Turquia, Armênia, Azerbaijão e Irã.

O DILÚVIO


As evidências deste acontecimento global, o Dilúvio, são muito claras, algumas muito contundentes e inexplicáveis para alguns Arqueólogos e Paleontólogos, porém falta a prova essencial para estas confirmações todas, a Arca de Noé. Sabemos a localização da Arca, pois está escrito na Bíblia a pousada da embarcação no Monte Ararat, e se está na Bíblia é verdade. Houve vários avistamentos de parte da embarcação a uma altitude de aproximadamente 4.000 metros (George Greene, Flavius Josephus, Marco Polo, Ron Wyatt, Daniel Mc Given, entre outros). Sabemos também da maldade de algumas pessoas, com interesses escusos, onde dizem tê-la visto apenas para figurarem na mídia, e outras com o intuito de inaugurarem uma nova seita religiosa, como foi o caso da “ Noak’s Ark Ministries Internacional “, (Igreja Internacional da Arca de Noé), onde fizeram uma filmagem fraudulenta do suposto interior da Arca. Só para se ter uma ideia do que se tem até hoje sobre estas evidências do Dilúvio, foram encontrados milhares de fósseis Marinhos nas mais altas montanhas do planeta, fazendo-nos pensar como foram parar lá. Já foram encontrados fósseis marinhos no Himaláia, no Everest, na Cordilheira dos Andes, nas Montanhas Yuntai e Sichuan na China (mais de 20.000 fósseis marinhos), em Luoping (fonte-Centro Geológico Chengdu), e mais recentemente no deserto do Atacama, no Chile, onde encontraram nada mais nada menos do que aproximadamente 70 fósseis de Baleias, 20 delas com mais de 8 metros de comprimento, além de golfinhos e focas. Este deserto se revela a mais de 2.400 metros de altitude e a 800 metros de distância do mar, o lugar é geograficamente uma espécie de bacia gigante cercada por montanhas, onde conclui-se, ao baixar da águas, estas baleias, golfinhos e focas ficaram ilhados nesta enorme bacia. Se debateram nos restos de água que ainda restava criando um grande lodo de terra e sendo finalmente encobertos pelo lodo da bacia. O local é extremamente seco e árido ( é o deserto mais árido e seco do mundo), e fez acelerar o processo de secagem do lodo que cobria as baleias, preservando-as assim para a posteridade. Esqueletos inteiros foram aparecendo. Descobriu-se este achado acidentalmente, devido a construção de uma auto estrada. Também no deserto do Peru foi encontrado um fóssil de uma baleia gigantesca, com 17 metros de comprimento numa altitude de 2.400 metros. Somente com o mar encobrindo as montanhas justificaria estas baleias nesta altitude, mas como todos nós sabemos alguns cientistas sempre dão um jeito de negar Deus, neste caso, dando uma datação em milhões de anos às ossadas encontradas. Do Dilúvio Divino até os dias de hoje daria mais ou menos 6.000 anos, as datações deveriam estar neste patamar para se confirmar este grande acontecimento. A Arca de Noé está com certeza no Monte Ararat, uma embarcação de 135 metros de comprimento, 20 metros de largura e 15 metros de altura está à disposição de qualquer pessoa que queira fazer uma expedição até o local e desenterrá-la do gelo milenar que a cobre.

O ELEMENTO ÁGUA É PROVA DE QUE OCORREU UM ACONTECIMENTO SOBRENATURAL NA TERRA

Entre todos os elementos, a água é o mais versátil e impressionante. É o único que possui a propriedade de três estados diferentes: líquido, sólido e gasoso, e que ao passar por estes estados, a quantidade inicial se mantém sempre a mesma, independentemente do número de vezes que ela por esses estados passou. A transparência e maleabilidade também são atributos da água.
Com estes conhecimentos já cientificamente comprovados, a respeito deste incrível elemento, podemos concluir que a quantidade de água existente hoje, deveria ser a mesma que sempre existiu. A sua evaporação que depois volta novamente a cair sobre a terra em forma de chuva, é na mesma quantidade evaporada, e assim sucessivamente durante séculos e séculos, e milênios e milênios. O tempo não altera a quantidade da água, nem para menos nem para mais, é sempre a mesma quantidade.
Mas um acontecimento extraordinário e sobrenatural aconteceu: o Dilúvio.
Já existem provas cientificamente comprovadas, de achados de fósseis marinhos nas mais altas montanhas da terra, dando aval a esta enorme inundação global. Nós crentes dizemos que foi o Dilúvio Divino que ocorreu a mais ou menos 6.000 anos atrás, já alguns cientistas e paleontólogos descrentes, dizem que foi uma inundação em nível global a bilhões de anos atrás.
Ora, como os cientistas admitem que a Terra esteve de fato encoberta até o pico de suas mais altas montanhas pela água, como é que explicam de onde veio esta enorme quantidade de água, e depois deste evento grandioso, para onde foi o excesso, para que voltasse a ter a quantidade inicial, antes do Dilúvio?
Estão entendendo aonde quero chegar? Se a água não diminui nunca, não devemos imediatamente perguntar: Mas “Quem” fez isso?, devido a total sobre-naturalidade deste ocorrido? Eu poderia perguntar inicialmente: De onde veio esta quantidade enorme de água existente no planeta, e também chegaríamos na mesma indagação: Mas “Quem” aqui na Terra a colocou? Será que é tão difícil acreditar que de fato aconteceu um milagre? Se não foi Deus, quem foi? Sim, porque espontaneamente um evento tão grandioso como este não tem como ocorrer, é preciso um “Querer”, um “Fazer”, só explicável admitindo um “Feitor” infinitamente superior, inteligentíssimo e Criador.
Percebam que um raciocínio conclusivo sobre este tema, precisa do sobrenatural. E também quando tentamos descobrir ou responder perguntas ligadas a nossa existência. Aceitando que Deus tudo fez responde as perguntas, mas se a pessoa for orgulhosa, soberba e desonesta com sua própria inteligência, procurará sempre uma resposta ligada à teorias, simples teorias, para se sentirem confortadas mentalmente, seduzidas pelo próprio egoísmo.
Eu não chamo um ateu de ignorante, porque nenhum ser humano é, mas que se fazem de ignorantes conscientes ou inconscientes, não há dúvida nenhuma. Está tudo escancarado na nossa frente: as inúmeras evidências da atuação do Eterno Deus e Criador, bastando apenas refletirmos a respeito, usando a nossa inteligência que Ele próprio nos deu.


Antonio C. Calciolari.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

OS SINAIS


Durante O Aviso, aqueles que se redimirem aos Meus Olhos não sofrerão a dor do Purgatório.

 Quinta-Feira, 24 de Maio de 2012, 18:30 h.

Quando chegar a hora de O Aviso, Minha querida e amada filha, será revelada uma série de sinais. Eu digo isto para lembrar a todos os filhos de Deus que deveis preparar-vos com antecedência.
Duas estrelas irão colidir e muitos terão medo. Não há nada a temer, porque esta é a maior Dádiva que Eu trago, para que nenhuma alma se perca nos Fogos do Inferno. 
Então, a Minha Cruz aparecerá no Céu, e ninguém deixará de notar. Muitos cairão de medo e um grande abalo, como um terremoto, será sentido.
A seguir virá o silêncio.
Preparai-vos sempre para este dia como se fosse amanhã. Procurai a redenção e revelai-Me agora os vossos pecados. Os católicos devem confessar-se. Os que não sois Católicos deveis recitar a Cruzada de Oração (24) que Eu dei ao resto do mundo, para a Minha Indulgência Plenária. Esta Dádiva da Minha Indulgência Plenária é para todos os filhos de Deus, de todos os credos, e oferece uma grande limpeza.
Não a rejeiteis. Aceitai-a. Para os católicos que questionem a Minha Dádiva, e que a contragosto a critiquem, Eu digo isto. Acreditais vós que Eu não daria este Sacramento a todos os filhos de Deus? Vós deveis ser generosos de coração, e ficardes felizes por Eu fazer isso. Vós pensais que não devia ser dada como um Dom?
Se entenderdes isso, então vós realmente não Me amais. Inclinai a cabeça, e Louvai a Deus por este Dom maravilhoso dado à humanidade, para salvar as suas almas. Então, durante O Aviso, aqueles que se redimirem aos Meus Olhos não vão sofrer a dor do Purgatório.
Os que virem os seus pecados revelados diante deles, tal como podem ser vistos pelos Meus Olhos, ficarão chocados. Muitos acharão que é difícil aceitar como as suas almas são negras.
Aqueles que o fizerem e mostrarem remorso, vão pedir-Me para os perdoar. E Eu o farei. Mas alguns não se arrependerão e defenderão, no seu coração, as atrocidades que cometeram, tal como elas aparecem aos Meus Olhos. Eles não se arrependerão, e vão esbofetear-Me na Minha Face. De qualquer maneira, os fogos da purificação e do sofrimento serão sentidos por todos os pecadores.
A duração desse tempo dependerá da gravidade dos seus pecados. Os que se afastaram de Mim precisam das vossas orações. Eles terão mais tempo para voltarem para Mim, e pedir-Me para os perdoar. Mas o tempo pode ser tão curto quanto um dia ou tão longo como alguns anos.
Ninguém, só o Meu Pai, sabe a data da Minha Segunda Vinda. O tempo entre os dois eventos não será tão longo como vós podeis pensar.  Finalmente, Meus filhos, vós percebereis o tempo que estais vivendo e aceitareis a Verdade.
Os que já conheceis a Verdade e acreditais em Mim, tendes o dever de rezar pelas almas que não aceitem a Minha Misericórdia. Minha filha, o Meu maior desejo é salvar o mundo inteiro, incluindo aqueles que estão perdidos para Mim.
Todas as orações dos Meus seguidores, que se unam numa só voz, podem ajudar-Me a consegui-lo. Ide, no Amor. Confiai em Mim, sempre, pois o tempo é curto e os planos para a salvação da humanidade estão nas mãos do Meu Eterno Pai.

O vosso amado Jesus.

O Livro da Verdade – Maria Divina Misericórdia

O LIVRO DA VERDADE foi avisado na Bíblia (Apocalipse 5, 1-9 e 10, e Daniel 10, 21).
O LIVRO DA VERDADE é a continuação da Bíblia. Fonte: www.elgranavisomensajes.com

quarta-feira, 25 de maio de 2016

APOCALIPSE REVELADO


APOCALIPSE REVELADO PELOS PROFETAS DOS ÚLTIMOS TEMPOS ATUALIZADO

Obs: As atualizações não são alterações, mas sim acréscimos de detalhes da revelação Divina, não observados anteriormente ou completadas depois com outras mensagens falando sobre aquela revelação. O que foi dito anteriormente não pode ser alterado ou modificado, pois o que vem de Deus é eterno.

Os mistérios e enigmas do Apocalipse só poderiam mesmo ter sido revelados por Deus, através de seus profetas dos últimos tempos. Eu li as mensagens destes visionários, durante estes últimos oito anos, e acredito neles, assim como acredito em todos os Profetas Bíblicos e principalmente no que escreveram os Apóstolos de Cristo.
Para se ter uma noção do que já nos foi revelado através das mensagens dos Profetas, coloco-as abaixo:

-Profeta : Maria Divina Misericórdia-  ( MDM). Esta profeta está revelando o Livro da Verdade descrito na Bíblia. O Livro da Verdade está mencionado em Daniel 10.21. É aqui que um misterioso Livro da Verdade é referido.  O Anjo Gabriel explica ao Profeta Daniel que todas as coisas que lhe têm sido reveladas é acerca do futuro, do fim dos tempos, encontram-se no Livro da Verdade. Daniel foi avisado para o selar, pois ele será deixado para ser aberto num outro tempo, chamado “O Fim Dos Tempos”. É a continuação da Bíblia, do livro da revelação do Apóstolo João.

-Profeta : Padre Stefano Gobbi-  ( SG). Movimento Sacerdotal Mariano.” Levar-vos-ei á perfeita compreensão da Sagrada Escritura. De modo especial desvendar-vos-ei as páginas do seu último livro, que estais vivendo.”(Nossa Senhora)
-Profeta : Mary Jane Even- ( MJE)- Lincoln-Nebraska
-Profeta : Padre Santiago Portugal-  (SP)-Portugal
-Profeta : Verônica Lueken- ( VL) Bayside- Nova York
-Profeta : Vassula Rayden- (VR) Egito.
-Profeta : John Leary-  (JL)-Rochester-Nova York
-Profeta:  Nancy Fowler-( NF) Conyers – Georgia.
-Profeta: Christina Gallagher-(CG)- Irlanda
-Profeta: Conchita Gonzáles-Garabandal-Espanha.
-Profeta: Melanie Calvat e Maximino Giraud- Salete- Espanha.
-Profeta: Leslie Garay-(LG)-Boston
-Profeta : Julia Kim-(JK) Naju-Coréia.
-Profeta: Irmã Agnes Sasagawa-(IAS) Akita-Japão.
-Profeta : Luz de Maria(LM) Revelacionesmarianas.
-Profeta : Rainha do Rosário e da Paz – Itapiranga – Brasil.
-Profeta : Bento da Conceição (Pedro II) – Balneário Camboriú – SC-Brasil.
-Profeta : Maria Valtorta –Caserta – Itália.


-O primeiro selo(Ap 6), o Cavalo Branco, é a apostasia.
-O segundo selo, o cavalo vermelho(Ap 6,4) se refere a terceira guerra mundial.(MDM) Esta guerra ocorrerá depois da quebra da bolsa de Nova York impulsionada pela quebra da bolsa da Alemanha como nas duas vezes anteriores, e a Grécia será usada como catalisadora da crise. E com isso as bolsas de todo o mundo quebram.
-O terceiro selo, o cavalo negro com o cavaleiro segurando uma balança(Ap 6:5,6). O que estará sendo pesado, medido na balança, será a fé da Igreja Católica. Terá inicio com o cisma na Igreja imposto pelo Falso Papa e agravado com o Anticristo até a consumação dos tempos, ou seja, até a segunda vinda de Jesus. Os remanescentes fiéis á doutrina de Jesus estarão de um lado da balança e os demais do outro lado. O “ O Aviso” fará a divisão daqueles que estarão ou de um lado, ou do outro nesta balança.(MDM)
-As duas asas da grande águia(Ap12,14)- É a palavra de Deus acolhida através de Nossa Senhora e vivida.
-E a Mulher fugiu para o deserto(Ap 12,6) O deserto é formado pelo coração e pela alma de todos os filhos que acolhem e consagram-se ao Imaculado Coração de Maria.
-A trombeta do sétimo anjo(Ap 10) – Anuncia o “Livro da verdade”, que está sendo escrito por Maria Divina Misericórdia, instrumento de Deus.
-As duas testemunhas(Ap 11) são os seguidores de Jesus durante a grande tribulação, os Católicos remanescentes(que se mantiveram na Tradição da Igreja) e os Judeus que finalmente reconheceram Cristo como Salvador.(MDM)
A Grande Tribulação – Teve seu início no final de 2.012, e se agravará depois das luas de sangue. A última lua de sangue de uma sequência de quatro, ocorrerá no dia 28/09/2015, no dia da festa dos tabernáculos.
-A Mulher e o Dragão(Ap IV,19), a Mulher vestida de Sol que tem a lua debaixo de  seus pés e uma coroa de doze estrelas sobre a cabeça é a Nossa Senhora.(SG)
- O Dragão vermelho(Ap 12,3) é o comunismo ateu, marxista, a China.(SG)
-A coroa na cabeça da Mulher vestida de sol ( Nossa Senhora), significa que Ela é a nossa rainha.(SG) Rainha e Mãe da humanidade.
- As doze estrelas - Representa as doze tribos de Israel e também significa que é a rainha  dos doze Apóstolos.(SG)
-As 7 cabeças do Dragão vermelho são os sete pecados capitais: orgulho,luxúria,avareza,ira,preguiça,inveja e gula, e os 10 cornos ou chifres são os meios de comunicação usados pela maçonaria com suas lojas.(SG)
-A Besta que saiu do mar(Ap 13) A Besta Negra, é a Franco-Maçonaria.(SG)Que domina os governantes das principais nações da terra e suas principais organizações, como a ONU, a UE,  entre outros.
-A Besta que subiu da Terra,(Ap 13,11) ( Maçonaria Eclesiástica) é o Falso Profeta, o Antipapa, é o Papa que vier depois do Papa Bento XVI.(MDM)(MJE) O Antipapa e o Anticristo serão muito amigos e estarão a frente deste sacrilégio, desta abominação dentro da Igreja, e criarão a religião única universal. A partir do momento em que o Anticristo fizer a sua declaração mundial, conta-se 1290 dias, mais 45 dias (1335 dias) (Daniel 12,11), e Jesus aparecerá no Céu com toda a milícia Celeste para separar os negadores de Deus dos filhos da luz.(MDM)(SG)(LM)(La Salete)
-A Abominação para a desolação(Daniel 12,11) sendo a Abominação o Anticristo, o homem do pecado, o filho de Satanás, e a desolação significa a retirada do Sacrifício Perpétuo, da Eucaristia realizada nas Igrejas Católicas. Neste momento o Deus vivo deixa de estar entre nós nas Igrejas e no Mundo. A época de perseguição do Anticristo tem inicio.
-O sacrifício perpétuo(Daniel 12,11) é a Eucaristia realizada nas Igrejas Católicas onde verdadeiramente ocorre o milagre, onde o Deus Vivo se apresenta em Corpo e Sangue no final da Consagração com a transubstanciação da hóstia e do vinho, em Carne e Sangue de Cristo, e a Comunhão é realizada com os homens.
-Lugar Santo(Mt 24,15) é a cadeira de Pedro, a cadeira do Papa.
-Templo de Deus(2ª Ep S.Paulo Tess 2,34) Como a Igreja Católica é a única religião verdadeira na terra, a única fundada por Deus, logo o lugar do Pontífice é no Vaticano, o Templo de Deus na terra.
-O que agora o detém(2ª Ep S.Paulo Tess 2,6) se refere a conquista do Anticristo da posse do cargo do Papa e a abolição da Eucaristia do Missal, é o que sempre o deteve de aparecer no mundo, para o confronto final com Deus.

-O Selo do Deus Vivo-(Ap 7,2 ), este selo está disponível nas mensagens reveladas a Maria Divina Misericórdia. É o selo de proteção do Céu, quem o rezar todos os dias terá proteção contra o Anticristo e serão marcados na testa com o “Tau”, que é a Cruz de forma indelével, visíveis aos olhos dos Anjos de Deus.
-A Marca da Besta(Ap 13,18) é o Microchip. Será implantado na mão direita ou na fronte das pessoas e o numero 666 estará contido dentro deste chip.(MJE) (MDM)(JL) O Anticristo com todos os governantes seduzidos por ele, exigirão para que todos coloquem os chips, e este será o único meio de compra e venda em todo o mundo. Quem o colocar estará se entregando a Satanás.
-O numero 666(Ap 13,17-18) representa os três espíritos malignos, a tríplice força do mal que contribuiu para a realização da marca da Besta: o Microchip.  A saber o comunismo( que promove o esquecimento de Deus em todo o mundo), a maçonaria que conseguiu se infiltrar na Igreja e eleger um dos seus como Pontífice, além dos governantes mundiais e o Anticristo sedutor de multidões, líder da Nova Ordem Mundial e idealizador da religião única atrelada ao poder político mundial único. O Anticristo será chamado por vários nomes: o Cristo dos cristãos, o Messias dos Judeus, o Krishna dos hindus, o Buda dos budistas, o Imã Mahdi dos muçulmanos, o Miroku do Japão, e o Maitreya Buda do Ladak.  Maitreya nasceu no dia 6/6/1966, virá do Egito, porém de origem Judaica.(MJE) O nome Maitreya em Hebraico gematria, somando-se os valores de cada letra chega-se ao numero da Besta 666.(Ap 13,17-18) O Anticristo surgirá para o mundo, apaziguando como mediador, a guerra no Oriente Médio. Trará soluções para todos os países envolvidos e será aclamado como o “homem da paz”, e será o homem mais carismático que já existiu.
-A Besta das Sete cabeças e 10 chifres(Ap 17,3) é a Europa, a União Européia.(MDM)
-O Urso(Ap 13:2) é a Rússia.(MDM)
-As duas lâmpadas são as Igrejas cristãs tradicionalistas e os seguidores de Cristo.(MDM)
-A Igreja remanescente(MDM)(MJE)(JL)- ... a mulher que deu a luz um filho e colocou num quarto separado onde ficou isolado. Que se levantaram para proclamar o verdadeiro Evangelho.(MDM) Os que se mantiveram fiéis a doutrina de Jesus, que sereis deixados de lado por 1.260 dias, durante os quais ficarão em refúgio. São os que não se deixam enganar pelo Falso Profeta.
-As duas Oliveiras(Ap 11,4) são a antiga Jerusalém de Israel e a nova Israel.(MDM)
-A Grande Babilônia(17,5) é a União Européia(MDM)
-O rio de águas,(AP 12,15) é o conjunto de todas as doutrinas teológicas que tentam obscurecer Nossa Senhora, os que ridicularizam a sua devoção.(SG)
-O Aviso- O exame de consciência- O pré julgamento da alma por 15 minutos (MJE)(MDM)(VL)(Garabandal). Este será o maior milagre ocorrido na terra depois da ressurreição de Cristo. Será a nível global onde todos saberão em que estado estará a alma naquele instante. Alguns serão lançados sobrenaturalmente no inferno, outros no purgatório, outros ficarão em êxtase por estar diante da Trindade, e depois dos 15 minutos voltarão a suas vidas terrestres. Ninguém mais terá dúvidas sobre a existência de Deus e seu Reino. Porem aqueles que se entregaram totalmente ao Anticristo continuarão com o seu plano de destruição. O “O Aviso” ocorrerá depois que o Papa Bento XVI tiver que fugir do Vaticano para não ser morto pela maçonaria.(VL) Menos de 10 dias depois deste acontecimento, o sol terá várias implosões, em seguida num céu vermelho Cruzes aparecerão e permanecerão por 7 dias e 7 noites, e depois dois cometas colidirão no céu. A Terra irá parar, o tempo também, o silêncio reinará; e o início do milagre se dará.  A Maçonaria Eclesiástica no Vaticano fará um falso funeral de Bento XVI para enganar o mundo.
-O sinal permanente- O grande Milagre- Terá início em Garabandal e depois em todos os Santuários de Nossa Senhora.(Garabandal),(MDM)(VL)(MJE) Quando este sinal aparecer todos saberão que foi Deus quem o fez. Este sinal ocorrerá menos de um ano depois do Aviso.( oito dias antes Conchita começará a divulgar a data).  "Durará uns onze minutos e acontecerá às 8 e meia da noite, hora em que o anjo apareceu pela primeira vez. Dele ficará uma marca, um sinal visível permanente nos pinheiros, que provará não ter sido feito por mãos humanas. Estará à disposição de todos os "Tomés" que ainda precisam ver para crer. "Será semelhante a uma coluna feita de uma substância desconhecida, visível mas não palpável. Poderá ser fotografado, filmado, televisionado. Ver-se-á que não é coisa deste mundo. Poderá presenciá-lo todos os que estiverem no povoado e arredores. Os doentes que encontrarem na vila serão curados. Terá lugar numa Quinta-feira, coincidindo com a festa de um jovem mártir da Eucaristia." “Á meia-noite avisarei Joey, a rádio, a televisão e a todas as pessoas que, no mundo inteiro, se sintam capazes de ajudar a divulgar a notícia rapidamente. Não tenho qualquer receio a este respeito. Sei que se a Virgem te quis ali, ali estarás... A Virgem não mente jamais... Ela disse:  dei-te tudo o que precisavas; dei-te tudo o que podias desejar. Tudo está preparado para chegar ao fim da mensagem". ( Conchita)
-O arrebatamento-(Tess 4:13-17)(Lc 17:31-37)(Mt 24:40-42)(VL)(MJE)(JL)- Se refere as 144.000 primícias, virgens que dedicaram suas vidas todas ao Senhor, retiradas da terra por Deus antes do início da terceira guerra mundial.
-A Bola da Redenção- É um cometa que atingirá a Terra logo depois da terceira guerra mundial. Todos verão no céu como se fosse dois sóis.(2 Pedro 3:8-13)(Ap 6:13;8:10)(VL)(MJE)
Enoque e Elias(Ap11) não virão na forma humana, estarão representados pelos Católicos Romanos e os Judeus( a esta altura dos acontecimentos já sabem que Jesus é o Salvador) que estarão combatendo o Anticristo nos momentos finais. Está escrito que serão mortos, pois é justamente isso que pensarão os perseguidores infernais, porém todos estarão recolhidos em suas casas ou em lugares escondidos com suas velas bentas. Os três dias citados na Bíblia referindo-se a morte de Enoque e Elias são os três dias de escuridão antes de Jesus aparecer entre as nuvens e” ressuscitá-los,” ou seja libertá-los definitivamente do Anticristo.(MDM)
-Os três dias de escuridão- (VL)(MJE). Durante estes três dias de escuridão somente as velas bentas acenderão. Os demônios estarão rondando por toda a face da terra levando todos os que tem a marca da besta para a perdição. A separação dos últimos negadores de Cristo dos fiéis verdadeiros estará acontecendo. Os Demônios imitarão entes queridos para enganar os que estiverem se protegendo dentro de suas casas, as quais não deverão ser abertas a não ser depois destes três dias. Colocar imagens de Santos, água benta e crucifixos nas portas e janelas para afugentar os demônios.  Logo em seguida Jesus aparecerá no Céu com toda a sua Glória.
Um novo Céu e uma nova terra surgirá, e os 1000 anos de paz terá início.



A respeito da Profecia de São Malaquias, a qual diz que o último Papa se chamará “Pedro o Romano”, Jesus já nos revelou que o último Papa eleito por Deus é o Papa Bento XVI e o” Pedro Romano” é o Pedro Apóstolo que receberá as chaves da Igreja Católica novamente no Céu e de lá governará os fiéis remanescentes até a vinda de Jesus. O Papa que vier depois de Bento XVI não será de Deus.(Revelações de Jesus recebidas por Maria Divina Misericórdia).
As revelações que mais chamam a nossa atenção e que nos dão um início de uma sequência, são:
O cisma, ou divisão entre os tradicionalistas e os modernistas, na Igreja Católica,
A fuga de Bento XVI do Vaticano para não ser morto,
O sol girará como nunca antes,
Cruzes aparecerão num céu vermelho,
A colisão de dois cometas que parecerá um novo Sol.
O Aviso,
Israel ataca o Irã com bombas atômicas,
A quebra da Bolsa no mundo todo,
O sinal sobrenatural do Céu em Garabandal,
O surgimento público do homem mais carismático que o mundo já viu, o Anticristo.
A terceira guerra mundial com uso de armas nucleares,  
A imposição da colocação do microchip a nível mundial,
O surgimento da religião única imposta pela Nova Ordem Mundial comandada pelo homem carismático, o Anticristo e seu “amigo”, o Falso Profeta, com sede de seu templo em Roma.
A vinda de Jesus em Glória no céu com as milícias angélicas.

O seqüenciamento que antecede “ O Aviso”, e consequentemente  todos os acontecimentos Apocalípticos mencionados pelos Profetas dos últimos tempos, não é possível  fazê-los ordenadamente,  porque Nossa Senhora e Jesus não nos deram estas informações. Uma sequência que nos foi revelada, e fundamental para sabermos o início de todos os outros, é a fuga de Bento XVI do Vaticano para não ser assassinado, e depois disto em dez dias virá “O Aviso.” Como devemos fazer a nossa reserva de alimentos para suportar os três anos e meio de domínio do Anticristo, com a imposição de sua marca: o microchip, para não morrermos de fome durante este período, uma vez que não conseguiremos comprar nada sem o chip, pois se o colocarmos, seremos condenados ao Inferno, deveríamos comprar mantimentos não perecíveis logo que o Papa fugir do Vaticano. Pois este me parece o ponto crucial do início dos acontecimentos, a fim de que não seja tarde demais. Não se esqueçam também das velas e da água benta para passarmos pelos três dias de escuridão.
Para quem não acredita nos Profetas atuais, destes últimos tempos, não há diferença entre eles e os antigos Profetas, excluindo-se obviamente os falsos profetas, todos falam a mesma língua, representam o mesmo Deus.
Os verdadeiros filhos de Deus sempre ouviram os Profetas desde o princípio dos tempos, e deles se nutriram de fé e esperança. Quem não os ouve, não ouve a Deus.
A Bíblia só existe porque os Profetas existiram. O pensamento de Deus sai das bocas dos profetas, portanto devemos dar ouvidos a eles, os mensageiros de Deus na terra.

A paz de Jesus.

Antonio Carlos Calciolari

segunda-feira, 23 de maio de 2016

AS AÇÕES RETAS AGRADAM A DEUS


 Deus quer ações retas, não palavras

   O que desejo do homem, como frutos da ação, é que prove suas virtudes na hora oportuna. Talvez ainda te recordes! Quando, há muito tempo, desejavas fazer grandes penitências por minha causa e perguntavas: "Que mortificações eu poderia fazer por ti?", eu te respondi no pensamento: "Sou aquele que gosta de poucas palavras e de muitas ações". 
Então era minha intenção mostrar-te que não me comprazo no homem que apenas me chama por palavras: "Senhor, Senhor, gostaria de fazer algo por ti", ou naquele que pretende mortificar o corpo com muitas macerações, mas sem destruir a vontade própria. Queria dizer-te que desejo ações varonis e pacientes, bem como as virtudes internas, de que falei acima, as quais são todas elas operativas e produtoras de bons frutos na graça.
   Ações baseadas em outros princípios constituem para mim meras palavras, realizações passageiras. Eu, qual ser infinito, quero ações infinitas, amor infinito. 
Desejo que as mortificações e demais exercícios corporais sejam considerados como meios, não como fins. Se neles repousar o inteiro afeto da pessoa, ser-me-ia dado algo de finito, à semelhança de uma palavra que, ao sair da boca, já não existe, quando é pronunciada sem amor. Só o amor produz e revela a virtude!
   Quando uma ação, que chamei com o nome de "palavra", está embebida de caridade, então me agrada; já não se apresenta sozinha, mas acompanhada de discernimento verdadeiro, isto é, como ato que é meio para se atingir um objetivo superior. 
Não é exato olhar a penitência ou qualquer ato externo como base e finalidade principal; são obras limitadas, seja porque praticadas durante esta vida passageira, seja porque um dia a pessoa terá que deixa-las por resolução pessoal ou por ordem alheia. Umas vezes a abandonará o homem coagido pela impossibilidade de continuar o que começou, e isto acontece em situações diversas; outras vezes por obediência à ordem do superior. Aliás, neste caso, se as continuar não terá merecimento algum e cometerá até uma falta.
   Como percebes, as mortificações são coisas finitas e como tais hão de ser praticadas. São meios, não finalidade. Quem as assume como finalidade, sentir-se-á vazio quando tiver de abandoná-las. Foi quanto ensinou o glorioso apóstolo Paulo ao vos convidar em sua carta (Cl 3,5) a mortificar o corpo e a destruir a vontade própria, ou seja, a refrear o corpo mortificando a carne, quando ela se opõe ao espírito. 
A vontade própria deve ser destruída e submetida à minha. Tal coisa é feita pela virtude do discernimento, como expliquei antes, com o desprezo do pecado e da sensualidade, por efeito do autoconhecimento. Eis a espada que mata e corta todo egoísmo; eis os servidores que  não me apresentam somente "palavras", mas ações. Eles formam o meu prazer. É em tal sentido que afirmava eu que desejo poucas palavras e muitas ações!
   Ao dizer "muitas", não me refiro à quantidade. É o desejo da alma, alicerçado no amor que vivifica as virtudes, que há de atingir o infinito. Também não quis manifestar desprezo pela palavra! Apenas afirmei que desejava "poucas palavras", a indicar que todas as ações externas são finitas. Indiquei-as com o termo "poucas", mas elas bem que me agradam quando são feitas como meios para adquirir a virtude, sem a conotação de objetivo principal.
   Não se deve considerar como mais perfeito o grande penitente que arrasa o seu corpo, ao fazer a comparação com alguém que se mortifica menos. Como já disse, seu merecimento não está nisso. Se assim fosse, mal estaria quem por razões legítimas não pode fazer atos de penitência externa e vive unicamente na prática do amor, sob a luz do discernimento, sem poder agir diversamente. O discernimento leva o homem a amar-me sem limites, sem restrições, já que sou a Verdade suma e eterna. È relativamente ao amor ao próximo, que o discernimento impõe limites e formas de amar.
   Ao brotar da caridade, o discernimento faz amar o próximo ordenadamente. Pela caridade exercida com retidão, ninguém pode pecar, prejudicando-se sob pretexto de ser útil aos outros. Não seria caridade com discernimento se alguém cometesse um só pecado para salvar o mundo inteiro do inferno ou para adquirir um grande ato de virtude. Seria falta de discernimento, pois é ilícito fazer uma grande ação virtuosa ou beneficente através de um ato pecaminoso. 
O verdadeiro discernimento ordena-se da seguinte forma: faz o homem orientar todas as suas faculdades a me servirem com virilidade e solicitude; amar o próximo realmente, mesmo sacrificando mil vezes a vida corporal, se fosse possível, para a salvação alheia; suportar dificuldades e aflições para que o outro possua a vida da graça; colocar os seus bens materiais a serviço do outro. Eis quanto realiza o discernimento na medida em que procede do amor.
   Compreendes, assim, que o homem que deseja ter a graça, com discernimento tributar-me-á amor infinito, sem restrições; quanto ao próximo, ter-lhe-á juntamente com esse amor infinito uma caridade ordenada, não se prejudicando com pecados sob pretexto de ajuda-lo. A esse respeito vos advertiu São Paulo (1Cor 13,1ss) que a caridade deve começar por si mesmo, pois de outra forma não seria de perfeita utilidade para os demais. 
No caso de imperfeição interior, imperfeitas serão as obras feitas para si e para o próximo. Não é certo que alguém para salvar pessoas finitas e criadas por mim, viesse a ofender-me enquanto Bem infinito. Seria mais grave e de maiores proporções a culpa que o efeito decorrente. Por motivo algum, portanto, deves cometer o pecado. Sabe disto a caridade verdadeira, a qual possui a iluminação do discernimento santo.
   O discernimento é uma luz que dissolve a escuridão, afasta a ignorância e alimenta as virtudes, bem como as ações externas que conduzem à virtude. Ele constitui uma atitude prudente que não padece enganos, uma atitude perseverante que não pode ser vencida.
O discernimento estende-se do céu à terra, isto é, do conhecimento do meu ser até o conhecimento do próprio ser, do meu amor ao amor pelo próximo. E sempre com humildade. Prudentemente ele evita e sai ileso de todos os laços do demônio e dos homens. Sem outras armas além da paciência, ele superou o demônio. Mediante essa doce e gloriosa iluminação, a carne reconheceu a própria fraqueza; desprezou-se; venceu o mundo; submeteu-o a um amor maior; envileceu-o; como senhor, dele fez caçoada!
   Devido ao discernimento, os seguidores do mundo são incapazes de destruir as virtudes internas; ao contrário, suas perseguições até as fazem aumentar, servindo-lhes de prova. Como indiquei, as virtudes são concebidas interiormente no amor e depois se revelam, exteriorizam-se através do próximo. Assim, se as virtudes não se mostrarem, agindo exteriormente no tempo da perseguição, é sinal de que não se tratava de verdadeira virtude interna. 
Já disse e expliquei que uma virtude não será perfeita, nem frutificará, senão em benefício dos homens. Acontece como para a mulher que concebeu um filho; enquanto não der à luz a criança, de modo que a veja a sociedade, seu marido não dirá que tem um filho. Sucede o mesmo comigo, esposo da alma; até que a pessoa não exteriorize sua virtude no amor do homem, revelando-a de acordo com as urgências em geral ou em particular, afirmo que na realidade não é interiormente virtuosa. O mesmo afirmo quanto aos vícios, pois todos eles são cometidos contra os homens.


( do Livro O Diálogo – Santa Catarina de Sena)

COM AS DIFICULDADES REVELAM-SE AS VIRTUDES


 É na dificuldade que se provam as virtudes 

   Acabei de explicar como, sendo útil ao próximo, o homem manifesta seu amor por mim. Agora vou dizer como cada pessoa mostra possuir a paciência ao ser injuriada pelos outros; a humildade, quando se acha diante do orgulhoso; a fé, diante do infiel; a esperança, na presença de quem nada espera; a mansidão e a benignidade, ante o irascível. Todas estas virtudes revelam sua existência e são exercitadas no próximo, da mesma forma como é nele que os maus cometem seus pecados.
   Vê bem. É diante da soberba que aparece a humildade. O homem humilde vence o orgulho, pois o orgulhoso é incapaz de prejudicar quem é humilde. Do mesmo modo o descrente - que não me ama, nem em mim espera - não faz diminuir a fé do homem fiel ou a esperança daqueles que a possuem no coração por meu amor. Ao contrário, até as faz crescer e manifestar-se mediante o amor altruísta. Meu servidor, percebendo que se trata de um descrente ou desesperado que não confia em mim, nem nele - pois aquele que não me ama, também não acredita em mim, não confia em mim, mas deposita a sua afeição na própria sensualidade - meu servidor não deixa de amar verdadeiramente tal pessoa, certo de que ainda encontrará em mim a salvação. Como vês, o servidor fiel comprova sua fé na descrença e na desesperança alheia. Em casos semelhantes e em qualquer outro que ocorra, ele demonstra possuir a virtude.
   Assim, a virtude da justiça não diminui diante das injustiças; evidencia-se até, pois a justiça se revela na paciência. Também a benignidade e a mansidão são evidenciadas pela doce paciência no tempo do ódio; e o amor caridoso, todo cheio da sede e desejo da salvação alheia, torna-se visível diante da inveja, do desprezo e ódio. Mais ainda! Além de provar que são virtuosas, pagando o mal com o bem, tais pessoas frequentemente atiram brasas de amor, as quais consumirão a raiva e o rancor do coração do irascível, levando-o a passar da ira à benevolência. 
Tudo isso acontece, graças à caridade e perfeita paciência daquele que suporta a raiva e demais defeitos do malvado. Relativamente às virtudes da fortaleza e perseverança, elas são comprovadas mediante os longos sofrimentos, as ofensas, as difamações daqueles que procuram afastar o servidor fiel do caminho verdadeiro, seja com atrativos, seja com ameaças. Quando o servidor fiel possui a fortaleza interior, mostra-se realmente forte e perseverante, dando prova disso no contato com os homens. Quando alguém não resiste no tempo das contradições, é sinal de que não possuía uma virtude verdadeira.


(do Livro O Diálogo – Santa Catarina de Sena)

domingo, 22 de maio de 2016

AMA O PRÓXIMO COMO A TI MESMO


É no homem que se ama a Deus

Diz Deus Pai:
   
Como disse, todos os pecados são cometidos através do próximo, no sentido de que eles são ausência da caridade, que é a forma de todas as virtudes. No mesmo sentido, o egoísmo, que é a negação do amor pelo próximo, constitui-se como razão e fundamento de todo o mal. Ele é a raiz dos escândalos, do ódio, da maldade, dos prejuízos causados aos outros. O egoísmo envenenou o mundo inteiro e fez adoecer a hierarquia da Igreja e o povo cristão.
   Já te disse que as virtudes se fundamentam no amor pelos outros; é da caridade que a virtudes recebem a vida. Sem ela nenhuma virtude existe, pois as virtudes se adquirem no puro amor por mim. Afirmei igualmente que o autoconhecimento produz na pessoa a humildade e a repulsa da paixão sensível, fazendo-a conscientizar-se da lei perversa que existe em seus membros e continuamente luta contra o espírito. Diante disto, o cristão luta e se opõe à sensualidade, com empenho a submete à razão e procura descobrir em si mesmo a grandeza da minha bondade. Inúmeros são os favores que lhe faço. Ao reconhecer que gratuitamente o retirei das trevas e o transferi para a verdadeira Sabedoria, no autoconhecimento ele se humilha. 
Assim consciente da minha benevolência, o homem me ama direta e indiretamente. Diretamente, não pensando em si mesmo ou em interesses pessoais; indiretamente, através da prática da virtude. Toda virtude é concebida no íntimo do homem por amor de mim; fora do ódio ao pecado e do amor à virtude, não existe maneira de me agradar e de se chegar até mim. Depois de ter concebido interiormente a virtude, a pessoa a pratica no próximo.
   Aliás, tal modo de agir é a única prova de que alguém possui realmente uma virtude. Quem me ama, procura ser útil ao próximo. Nem poderia ser de outra maneira, dado que o amor por mim e pelo próximo são uma só coisa. Tanto alguém ama o próximo, quanto me ama, pois de mim se origina o amor do outro.
   O próximo, eis o meio que vos dei para praticardes a virtude que existe em vós. Como nada podeis fazer de útil para mim, deveis ser de utilidade ao homem. Esta é a prova de que estou presente em vós pela graça: se auxiliais aos outros com orações numerosas e humildes, se desejais minha glória e a salvação dos homens. Quem se apaixona por mim, jamais cessa de trabalhar pelos outros, de modo geral ou particular, com maior ou menor empenho, segundo as disposições do beneficiado e do benfeitor. Disto já falei antes quando expliquei que a mortificação, sem o amor, é insuficiente para cancelar a culpa.
   Assim, graças ao amor que o une a mim, o homem torna-se útil ao próximo; preocupado com a salvação alheia, ama o próximo, presta-lhe serviços em suas necessidades. Depois de ter cuidado de si pela aquisição interior das virtudes, esforça-se por descobrir as precisões do próximo também no plano individual. Além de ajudar no plano geral, passa a prestar auxílios às pessoas mais próximas, de acordo com os diversos dons que lhe dei, ou seja, ensinando e orientando a uns com palavras, sem interesses pessoais, nem medo; a outros, com o bom exemplo. De fato, é obrigação de todos edificar os demais com uma vida boa, santa e honesta.
   São essas as virtudes que o homem pratica no próximo. Existem outras mais e seria impossível enumera-las todas. Idealizei-as em multiplicidade e não as concedo todas a todos; a uns, dou umas; a outros, outras. De fato, quem possui uma delas, possui todas, porque as virtudes são conexas. Embora eu conceda muitas virtude, uma delas será como que a principal entre as demais. Por exemplo, a uma pessoa darei como virtude maior a caridade, a outra a humildade, a outra a fé viva, a outra a prudência, a temperança, a paciência, a fortaleza. Tais virtude, e outras ainda, concedo aos homens diversificadamente; uma delas constituirá o elemento virtuoso preponderante, dispondo o indivíduo a uma vivência maior dessa virtude. Essa virtude maior dominará sobre todas as demais, porém todas elas estarão interligadas pela caridade, como já disse.
   Muitos são os dons, graças, virtudes e favores espirituais ou corporais, que concedi aos homens. Corporais são aqueles necessários à vida humana. Dei-os diversificadamente, isto é, não os coloquei todos em cada pessoa, para que fôsseis obrigados vos auxiliar mutuamente. Poderia ter criado os indivíduos dotando-os de todo o necessário, seja na alma como no corpo; mas preferi que um necessitasse do outro; que fôsseis administradores meus no uso das graças e benefícios recebidos. Dessa forma, querendo ou não, o homem haveria de praticar a caridade, muito embora não seja meritória a benevolência não realizada por meu amor. Como vês, a fim de que os homens exercitassem o amor, fi-los meus administradores e os coloquei em diferentes estados de vida, em diferentes posições. Isto vos mostra como existem muitas mansões em minha casa e como nada mais desejo que o amor. O amor por mim se consuma no amor pelo próximo; quem ama o próximo já observou a Lei. Quem me ama, pratica todo o bem possível, em seu estado de vida, para o benefício dos outros.


(do Livro O Diálogo – Santa Catarina de Sena)

AUTOCONHECIMENTO PARA CHEGAR A DEUS


 O caminho da Verdade

 Tu me pedes sofrimentos como reparação das ofensas cometidas contra mim pelos homens; desejas conhecer-me e amar-me como suma Verdade. O caminho para atingir o conhecimento verdadeiro e a experiência do meu ser - Vida eterna que sou - é este: nunca abandones o autoconhecimento!
Ao desceres para o vale da humildade, reconhecer-me-ás em ti, e de tal conhecimento receberás tudo aquilo de que necessitas. Nenhuma virtude tem valor sem a caridade, no entanto é a humildade que forma e nutre a caridade. 
Conhecendo-te, tu te humilharás ao perceber que, por ti mesma, nada és. Verás que o teu ser procede de mim, que vos amei, a ti e aos outros, antes de virdes à existência. Além disso, quando quis recriar-vos na graça com inefável amor, eu vos lavei e vos concedi uma vida nova no sangue de meu Filho unigênito; naquele sangue derramado num grande incêndio de amor.
Para quem destrói em si o egoísmo, é no autoconhecimento que tal sangue manifesta a Verdade. Não existe outro meio. Por meio dele, o homem em inexprimível amor conhece-me e sofre. Não com um sofrimento angustiante, aflitivo e árido, mas com uma dor que alimenta interiormente.
Ao conhecer a Verdade, a alma sofrerá terrivelmente, pois toma consciência dos próprios pecados e vê a cega ingratidão humana. Nenhuma dor sofreria, se não amasse.


(do Livro O Diálogo – Santa Catarina de Sena)

AS PENITÊNCIAS



A penitência sozinha não dá reparação à culpa

 Minha filha, não o sabes? Todos os sofrimentos que um homem suporta ou pode suportar nesta vida são suficientes para satisfazer a menor culpa. Sendo eu um bem infinito, a ofensa contra mim pede satisfação infinita. Desejo que o compreendas. Os males desta existência não são punições, mas correção a filho que ofende. Assim, a satisfação se dá pelo amor, pelo arrependimento e pelo desprezo do pecado. Esse arrependimento é aceito no lugar da culpa e do reato, não pela virtude dos sofrimentos padecidos, mas pela infinitude do amor. Deus, que é infinito, quer amor e dor infinitos.
 A dor por ele desejada é infinita em dois sentidos: com relação à ofensa feita contra o Criador e com relação àquela feita ao próprio homem. 
Quem se acha unido a mim por um amor infinito, sofre quando me ofende ou vê que outros me ofendem; igualmente, quando padece no corpo ou no espírito, qualquer seja a sua origem, tem merecimento infinito. Dessa forma satisfaz pela culpa, que era merecedora do inferno. Embora praticadas no tempo finito, são ações válidas, pois fortalecem-nas as virtudes, a caridade, a contrição, o desprezo da culpa, que são infinitos.
 Foi quanto ensinou Paulo, ao afirmar: "Se eu falasse a língua dos anjos, adivinhasse o futuro, partilhasse os meus bens com os pobres, e entregasse o corpo às chamas, mas não tivesse a caridade, tudo isso de nada valeria" (1Cor 13,13). O glorioso apóstolo faz ver que os gestos finitos são insuficientes para punir ou satisfazer, sem a força da caridade.
Filha, fiz-te ver que a culpa não é reparada neste mundo pelos sofrimentos, suportados unicamente como sofrimentos, mas sim pelos sofrimentos aceitos com amor, com desejo, com interna contrição Não basta a força da mortificação; ocorre o anseio da alma. 
O mesmo acontece, aliás, com a caridade e qualquer outra virtude, que somente possuem valor e produzem a vida em meu Filho Jesus Cristo crucificado, isto é, na medida em que a pessoa dele recebe o amor e virtuosamente segue suas pegadas. Somente assim adquirem valor. As mortificações satisfazem pela culpa na feliz comunhão do amor, adquirido na contemplação da minha bondade. Satisfazem graças à dor e à contrição quando praticadas no autoconhecimento e na consciência das culpas pessoais. 
Esse conhecimento de si gera desprezo pelo mal, pela sensualidade ³, induz o homem a julgar-se merecedor de castigos e indigno de recompensa. Assim - acrescentava a doce Verdade _ é pela contrição interior, pelo amor paciente e pela humildade, considerando-se merecedora de castigos e não de prêmio, que a pessoa oferece reparação.


(do Livro O Diálogo – Santa Catarina de Sena)

sábado, 21 de maio de 2016

DEUS QUER SER AMADO


QUEIXA DIVINA

Diz Deus Pai:

Não vês como todos me ofendem? No entanto eu os criei numa grande chama de amor; dei-lhes graças e favores quase infinitos, gratuitamente, sem nenhum merecimento deles. Olha, minha filha, quanto me ofendem. Especialmente por egoísmo, do qual procedem todos os outros males. 
O amor-próprio tudo envenenou. Da mesma forma como a caridade contém todas as virtudes benéficas aos homens, assim o egoísmo procede do orgulho e contém todos os males. Por falta de amor, os homens praticam mutuamente o mal. Não me amam nem se amam. Estes dois amores vão sempre juntos. Por isto eu te dizia que todo mal é feito no próximo.
Tenho muito a me queixar dos homens. De mim só receberam o bem e eles me odeiam, praticando toda espécie de mal. Afirmei que somente as lágrimas de meus servidores aplacarão minha ira. Torno a repeti-lo. Servidores meus, colocai-vos diante de mim com muita oração, repletos de dor e tristeza por causa das ofensas cometidas contra mim e por causa da condenação eterna dos maus.
Mitigareis a ira do meu julgamento.
Ninguém escapará de minhas mãos. "Sou aquele que sou" (Ex 3.14) e vós, vós não possuís a razão do próprio ser. Sois aquilo que eu fiz. Criei tudo o que participa do ser; somente o pecado não procede de mim, porque é negação. Por não estar em mim, o pecado não merece amor. Quem o faz, ofende toda criação e odeia-me.
O homem tem obrigação de me querer bem. Sou imensamente bom, dei-lhe o ser numa chama de caridade. Todavia, os maus fogem de mim. Mas por justiça ou misericórdia, ninguém escapa de minhas mãos.
Abre, pois, os olhos da fé e fixa-os em minhas mãos. Verás como é verdade o que acabei de dizer...


(do Livro O Diálogo – Santa Catarina de Sena)

quinta-feira, 19 de maio de 2016

A PONTE QUE DÁ A VIDA ETERNA


JESUS CRISTO É A PONTE QUE NOS LEVA A DEUS

Diz Deus:

Expliquei tais coisas, para que não ficassem dúvidas na mente dos que escutam e viessem a dizer: "É verdade que o corpo de Cristo se tornou uma ponte pela união (hipostática) da natureza humana com a divina; mas aquela ponte (corporal) subiu ao céu e nos deixou. Cristo foi um caminho, ensinou a Verdade, viram-se os seus exemplos e costumes... Mas agora, que nos restou? Onde encontramos o caminho?" Respondo a ti e àqueles que caírem em semelhante ignorância. 
O caminho ensinado por meu Filho foi confirmado pelos apóstolos, garantido pelo sangue dos mártires, esclarecido pelos santos doutores, iluminado pelos confessores; dele falam os escritos dos evangelistas. Todos eles foram testemunhas a confirmar tal verdade na hierarquia da santa Igreja. Foram lâmpadas colocadas sobre o candelabro a indicar o caminho da Verdade, o qual sem erro conduz à Vida com iluminação perfeita.
Como confirmaram a mensagem de Cristo? Vivendo-a em si mesmos. Assim, todos os homens recebem luzes para conhecer a Verdade. Basta que cada um o queira, que não destrua a luz da razão pelo egoísmo desordenado. A mensagem de Jesus é verdadeira e ficou no mundo qual pequena barca, para retirar os pecadores do rio do pecado e conduzi-los ao porto da salvação. Primeiro, coloquei meu Filho como ponte-pessoa, a conviver com os homens; após sua morte, ficou a ponte-mensagem, possuindo ela meu poder, a sabedoria do Filho e o amor do Espírito. 
O poder fortifica os caminhantes, a sabedoria ilumina e ajuda a conhecer a Verdade, o Espírito Santo infunde o amor que aperfeiçoa, que destrói o egoísmo e conserva no homem o apego ao bem. Por qualquer forma, como ponte-pessoa ou ponte-mensagem, meu Filho é o caminho, a verdade e a vida, a passagem que conduz às alturas celestiais. Tais coisas queria ele dizer, com as expressões: "Eu vim do Pai e volto ao Pai" (Jo 16,28) e "voltarei a vós" (Jo 14,8); como se afirmasse: "Meu Pai enviou-me até vós, fez de mim uma ponte, pela qual atravessai o rio do pecado e chegais à Vida". 
Com a sua outra expressão: "Voltarei a vós, não vos deixarei órfãos; vou enviar-vos o Paráclito", é como se dissesse: "Irei para o Pai e voltarei mediante o Espírito Santo, chamado Paráclito; ele indicar-vos-á  mais claramente a estrada verdadeira, ou seja, a mensagem que vos dei e que ele confirmará".
Jesus falou que voltaria e voltou. O Espírito Santo não veio sozinho. Veio no poder do Pai, na sabedoria do Filho e na própria clemência. Como vês, meu Filho não retornou no seu corpo, mas no poder que fortalece a estrada-mensagem. Esta nunca será destruída, nunca obstruída para os que a desejam percorrer. É firme, estável, pois procede de mim que sou imutável. Caminhai virilmente por ela, sem nenhuma dúvida e na luz da fé, que vos dei como principal veste no santo batismo.


(Do Livro O Diálogo – Santa Catarina de Sena)